Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Ter | 04.04.17

A festa de 3 anos da Lara

aniversario lara 7.jpg

 

 

Correu muito bem. Muito melhor do que esperávamos.

Foi muito simples e cá em casa mesmo. Fiz as comidinhas quase todas (inclusive o bolo de aniversário) e recebemos 27 pessoas (com dois bebés incluídos).

Esta última parte era a que me estava a deixar mais apreensiva porque o nosso apartamento é bem pequeno e nunca tivémos mais do que 8 pessoas a jantar cá em casa ao mesmo tempo (e o ideal é 6).

Só havia lugares sentados para metade das pessoas e, mesmo em pé, era difícil caberem todos na sala sem andarem aos encontrões.

Qual quê? Correu tudo lindamente.

Havia pessoas na sala, outras a brincar com as crianças no quarto da Lara, outras a conversar no corredor (que por acaso é largo e espaçoso) e outras na cozinha em amena cavaqueira. A casa, surpreendentemente, pareceu-me grande e acolhedora. A Lara divertiu-se, nós também, e espero que os nossos amigos e familiares também.

Convidei alguns amigos para virem cá a casa no dia seguinte mas, para a próxima, juntamos todos no mesmo dia.

No fim da festa, arrumámos a casa num instante e não me senti nada cansada (creio que o Milton também não). E, como sempre, sobrou imensa comida.

Claro que simplifiquei ao máximo toda a preparação da festa.

Não teve tema. Nem lembranças para os convidados. Simplesmente não houve tempo. E, de acordo com a minha nova forma de ver as coisas, o que interessa mesmo é estarmos todos juntos a comer, beber, conversar e conviver com alegria. 


Enfeitámos as paredes com balões coloridos, um balão prateado com o número 3 e uma grinalda de bonecos de papel junto à mesa do bolo de aniversário.

Os talheres, pratos e copos eram de plástico e as comidas quase todas feitas em casa, por mim (à exceção de dois doces que a minha sogra fez e um salgadinhos que comprei). Tudo muito simples. 

Correu tudo tão bem, de uma forma tão leve e tranquila, que estou animadíssima para repetir muitas vezes, cá em casa.

Daqui a uns dias conto-vos tudo o que fiz para o lanchinho.


bolo de aniversario da lara 3 anos.jpg

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Purpurina 05.04.2017 12:26

    Estás como eu então. :) Trabalhos manuais não são para mim.
    Há uns anos, se era para fazer alguma coisa em casa, achava que tinha que ser tudo perfeito, com muita decoração temática, lembranças para os convidados, etc, etc, etc.
    Depois de ter duas filhas pequenas e ficar sem tempo para quase nada, percebi rapidamente que as pessoas (se forem boas pessoas e se importarem verdadeiramente connosco) querem mesmo é estar connosco e passar um bom bocado. E, se tiver que optar por fazer um evento de dois em dois anos todo xpto, ou receber as pessoas mais vezes em casa com eventos mais simples, vou optar sempre pela segunda hipótese.
    Mesmo para fazer um jantar de amigos já deixei de me importar se a casa está impecável e se tenho entradas e entradinhas e 2 ou 3 sobremesas para oferecer. Se me apetecer convidar alguém lá para casa e o dia estiver a ser um caos, compramos uns frangos, faço uma saladinha e um bolinho simples e acabamos por passar um serão muito agradável sem grandes complicações.
    Às vezes as coisas são simples, nós é que complicamos (falo por mim).
    Um grande beijinho
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

    Este blog tem comentários moderados.