Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Ter | 28.01.20

Como fazer os filhos brincarem juntos

Purpurina
Quando pensei em ter um segundo filho, tinha uma certeza ingénua de que dois irmãos iam dar-se naturalmente bem: iam ser muito amigos, brincar juntos, rir juntos e ter uma cumplicidade única. Claro que esta ideia romântica da relação entre irmãos estava totalmente condicionada pela minha mente de filha única cujo maior desejo sempre foi ter um irmão ou uma irmã. Hoje, tenho 3 filhos com idades muito próximas - 17 meses, 3 anos e 5 anos - e uma visão muito mais realista da (...)
Sex | 24.01.20

Pessoas inspiradoras #2

Alexa Melo

Purpurina
Parece que cheguei a uma fase fantástica da vida em que, as pessoas que me inspiram são mais novas que eu! Não é maravilhoso? É o caso da Alexa Melo (terá ascendência portuguesa?), uma miúda de uns 20 e poucos anos, que faz covers no Youtube. Esta rapariga seria apenas uma entre milhares de Youtubers que, graças aos tempos maravilhosos em que vivemos, podem fazer o que bem entenderem e difundi-lo facilmente pelo mundo, se não fosse o facto de ser mesmo especial. Chamou-me a (...)
Qua | 22.01.20

Já temos beliche para as miúdas

Purpurina
Desde que a Maria nasceu que começámos a pensar numa solução para ela e a irmã dormirem, sem roubar muito espaço ao quarto. Colocar duas camas individuais no quarto nunca foi uma ponderação e estávamos divididos entre um beliche e uma cama-gaveta. Eu não queria beliches porque não os achava seguros e o Milton não queria camas-gaveta porque as considerava pouco práticas. Entretanto a Maria foi dormindo no berço e nasceu o Eduardo. E, a necessidade de encontrar uma (...)
Dom | 19.01.20

Lara #31

Perguntas e Respostas

Purpurina
  1- Qual o nome da mãe ? Mãe Marques Moura (claramente a gozar). 2- A mãe é gorda ou magra? Gorducha ihihihih. 3- Alta ou baixa? Alta. 4- O que a mãe gosta de comer? Cenoura. 5- O que a mãe gosta mais de vestir? Não sei. 6- Quantos anos a mãe tem? Não sei. 7- Quantos kg a mãe pesa? Não sei. 8- Que presente gostarias de dar à mãe? Não sei. 9- Quem ama mais a mãe? Eu. 10- O que a mãe é? É uma pessoa. 11- O que a mãe sempre te diz?  Não sei. 12- Para onde (...)
Sex | 17.01.20

Eduardo #4

O super fofo

Purpurina
O miúdo está cada vez mais fofo e mais maroto. Parece um boneco a pilhas duracel. Corre super rápido de um lado para o outro, cheio de genica. E não se limita a correr, ele trepa a tudo o que consegue, enfia-se na cama da Maria com toda a facilidade através das escadas e também consegue sair muito facilmente. Por outro lado é muito meiguinho. Está sempre a abraçar e a dar beijinhos às irmãs e aos pais. Basta pedir-lhe um beijinho ou um abraço que ele vem logo a correr (...)
Qua | 15.01.20

Eduardo #3

O fofo

Purpurina
  O Eduardo adora dar abraços e beijinhos. Do nada, vem abraçar-se às nossas pernas e começa a dar-nos beijinhos. Faz isso com os pais, com as irmãs e até com as amigas das irmãs, se elas lhes derem atenção. Também gosta muito que sejamos nós a dar-lhe abraços e beijinhos. É um mimoso como nunca vi. Cada dia que passa o miúdo está mais fofo e meiguinho.
Dom | 12.01.20

Como são: o Eduardo com 16 meses, a Lara com 5 anos e a Maria com 3 anos

Purpurina
  Eduardo Como o tempo não tem abundado por estes lados, hoje faço um texto "todos em um" para não deixar de registar como têm sido estes dias. O Eduardo está cada vez mais adorável e enérgico. Ele não pára quieto e está sempre a fazer "escadas" e "escadotes" para chegar a todo o lado. Se eu pensava que a Lara era a alpinista da família estava muitíssimo enganada! O rapaz escala tudo o que encontra pela frente, corre de um lado para o outro, dança, pula, anda sempre a (...)
Qui | 09.01.20

Conversas entre colegas #1

Bichas vs desmazeladas

Purpurina
Estamos no escritório, a trabalhar com normalidade quando um colega pergunta às senhoras da sala se porventura terão uma pinça. O colega, cuja identidade não revelarei por questões de privacidade, precisava de uma pinça para manusear peças pequenas de material de filmagem. Eu tinha uma pinça e emprestei-lhe. Pouco depois, o colega volta e pergunta se teremos uma lima. Dissemos que não e a minha espirituosa colega da frente disse o seguinte (referindo-se aos colegas que (...)
Ter | 07.01.20

Lara #30

A Festa de Natal da escola

Purpurina
  Este ano a Lara foi cantar, num coro de meninos, e declamar sozinha uma quadra de um poema sobre o Natal. Cada menino iria declamar uma quadra, saindo do coro e pegando num microfone que estava na parte da frente do palco. Ela é tímida e calculei que a parte de declamar sozinha 4 linhas seria um grande desafio. No dia da festa parecia saber tudo de cor e mostrava-se relativamente tranquila. Já no público, com o Eduardo ao colo e as meninas nas suas posições, junto das suas (...)
Qui | 02.01.20

Ano Novo Receitas Novas!

Esparregado de Banana e Queijo

Purpurina
Cá em casa costumamos pensar que somos de extremos no que à cozinha diz respeito: ou fazemos coisas muito medíocres ou coisas muito boas.  Provavelmente também fazemos muitas coisas "mais ou menos", mas essas não ficam para a História. Nesta passagem de ano, eu e o Milton invertemos papeis - o que significa que eu cozinhei e ele foi-me dizendo o que devia fazer - e, para surpresa de ambos, esta inovação resultou num esparregado maravilhoso! Foi um sucesso no jantar de dia 31 (...)
Qui | 26.12.19

Eduardo #3

Purpurina
O Eduardo não chora quando fica na escola embora também não se mostre eufórico quando o deixamos lá. O que acontece com ele é algo bastante curioso e que não me lembro de acontecer com as irmãs. Quando o levo ao colo para a escola ele vai-se tornando gradualmente mais pesado, à medida que vamos avançando para a sala. Começa a ficar mais pesado assim que entramos à porta da escola. E, quando chego à sala, já estou com os braços a latejar de dores. Parece que ele faz o (...)
Seg | 23.12.19

Feliz Natal minha gente!

Purpurina
Eu, em nome deste blogue, que é constituído por mim, desejo as todas as pessoas que têm a gentileza de estar desse lado a ler as coisas que eu escrevo, um Natal muito Feliz e cheio de coisas boas! Que tenham uma casa recheada das pessoas que amam, de saúde, comida e muita alegria! Este ano, por aqui, decidimos ser um pouco menos consumistas, mais minimalistas e mais descontraídos. Vamos fazer por passar mais tempo com as crianças, a brincar e a aprender juntos e, sobretudo, a (...)
Seg | 23.12.19

Lara #29

A "mãos-largas"

Purpurina
Este fim de semana fomos ao circo e a Lara queria muito que lhe comprássemos umas espadas luminosas que vendiam no circo. Não comprámos. Explicámos que, na altura, não tínhamos dinheiro suficiente para lhes comprarmos as espadas (o que era verdade) mas que, de qualquer forma, não iríamos comprar as espadas. Expliquei- lhe as razões desta nossa opção. Falei-lhe do conceito de minimalista e da nossa opção de investir mais em experiências do que em coisas materiais. Disse-lhe (...)
Qui | 19.12.19

O que aprendi com a minha mãe

Purpurina
Até há muito poucos anos, mais ou menos até ser mãe, era muito crítica em relação à educação que tinha recebido. Acreditava que deveria ter sido tudo diferente, que precisava de coisas que não tive, que tive coisas de que não precisava tanto, que deveria ter tido experiências diferentes e oportunidades diferentes. Pensava muito naquilo que poderia ter sido e pouco naquilo que, efetivamente, era. Julgo que somos todos um pouco assim, quanto mais não seja na adolescência. Ho (...)
Seg | 16.12.19

Maria #33

A "familiar"

Purpurina
  A Maria é a mais refilona dos meus três filhos. Tem uma personalidade bastante forte e luta muito pelo que quer. É, também, muito conservadora e ligada à família. Gosta de rotinas e de saber o que vai acontecer. Gosta que estejamos todos juntos e, se for necessário, protege os irmãos ou os pais de qualquer coisa que ela julgue que pode ameacá-los. Já a vi a defender a Lara de outros meninos no parque infantil, dizendo-lhes coisas bem pouco simpáticas. Ultimamente, a Maria (...)
Qui | 12.12.19

Eduardo #2

O grande safado

Purpurina
Sempre que o Eduardo faz uma asneira ralhamos com ele. Se antes ficava ofendido e choramingava sempre que ralhávamos com ele, agora usa um método diferente: ri-se e começa a dar-nos muitos beijinhos.
Ter | 10.12.19

Ahhhhhh os maravilhosos TPC artísticos...

Purpurina
Ah, como é gratificante ter trazer trabalhos manuais para fazer em casa com os filhos (só que não). Estes são os mais recentes: o prato da Maria e o triângulo da Lara. O que vale é que a Lara gosta muito destas coisas e faz praticamente tudo sozinha. No trabalho dela só fiz mesmo o desenho do presépio. Seja como for, e apesar da minha falta de "boa vontade" em relação a estes trabalhos, ficam aqui registados para que as minhas filhas vejam como eu me esforço (ahahahahah).    
Seg | 09.12.19

Fomos ao circo!

Purpurina
A memória mais nítida que tenho do circo é de estar sentada nas cadeiras, com colegas da escola, e ver passar outros miúdos com algodão-doce. À medida que o algodão-doce ia passando, os outros miúdos iam tirando um pedaço, até que o dono do doce chegava ao seu lugar com o palito do algodão-doce praticamente vazio. Lembro-me de gostar de ter ido ao circo mas não tenho muito mais memórias disso. No domingo passado fui ao circo com o Milton, a Lara e a Maria. A iniciativa foi (...)
Qui | 05.12.19

Cinco ideias simples para decorar o quarto das crianças

Purpurina
Depois de muito alterar e repensar a decoração do quarto dos meus filhos, trago algumas ideias para partilhar convosco, que acredito poderem ajudar muito a decorar os quartos dos mais pequenos de uma forma simples, económica, divertida e ao gosto dos miúdos, já que são eles os proprietários desse espaço.  1-Se tiverem quartos próprios (e mesmo que não tenham), podem colocar os seus nomes nas portas. Estes "letreiros" podem ser feitos por eles com materiais como cartolina, (...)