Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Dom | 19.02.17

10 coisas que a minha filha nunca come

bolachas 7.jpg

 



Estou a falar da Lara, de 3 anos, porque a Maria ainda tem só 7 meses, mas a ideia é aplicar isto a toda a família: pais e filhas.

 

Confesso que, por ser muito gulosa e ter intolerância à glicose, sou especialmente chata com os açúcares. No entanto, não me considero radical. A partir dos 2 anos, a Lara começou a experimentar bolos caseiros (lá muito de vez em quando) embora eu prefira fazer bolos sem açúcar em casa, gelados e um ou outro enchido (muito raramente).

 

Mas há coisas em relação às quais eu sou muito chata mesmo e não permito que ela coma, pelo menos por enquanto. São coisas que considero completamente prejudiciais à saúde e completamente incompatíveis com a educação alimentar que eu e o pai queremos para as nossas filhas.

 

Então o que é que a Lara nunca comeu (que eu tenha conhecimento) e pretendemos que continue sem comer enquanto for possível?

 

 

1- Refrigerantes
Só aparecem cá em casa em dias de festa e a Lara não bebe. Eu também não bebo. Por acaso, tenho a sorte de não gostar por isso não me custa nada prescindir disso.

 

2- Bolachas com recheio ou creme
Já tive situações tensas por causa disso, mas a saúde da minha filha é uma obrigação minha e colocá-la em causa para "parecer bem" é uma atitude que não me assiste. Para já, passamos todos bem sem bolachas recheadas. Na verdade, estamos quase a desistir de bolachas de compras, até as bolachas Maria. Logo que me consiga organizar melhor, passarei a fazer as bolachas sempre em casa.

 

3- Bolos de Pastelaria

Nunca comeu e não pretendo que coma tão depressa. Eu também não como muito. Se comer 5 vezes por ano é muito. 
Mas, ainda assim, não me choca dar um pastel de nata à Lara. Já uma bola de Berlim ou um bolo cheio de creme é outra história.

 

4- Rebuçados e Chupa-chupas

Acho que aqui nem preciso de justificar. Quase nem consigo olhar bem para chupa-chupas. Quase que acho que a sua venda devia ser proibida. Minto. Acho mesmo que devia ser proibida. Pronto, nisto sou bastante radical.

 

5- batatas fritas e outros snacks salgados

Eu gosto bastante e custa-me não comer embora já me tenha custado muito mais. Agora, olho para um pacote de doritos e já não consigo ter grande vontade de comer. 
Ainda não percebi bem porquê, mas tem sido difícil manter a Lara afastada deste tipo de fritos sempre que ela os vê na casa de alguém.

 

6- Douradinhos

Cá em casa, nunca comeu. Não é prato que costumemos fazer.

7- Salsichas de carne

Não fazemos em casa. Às vezes fazemos omeletes com salsichas de tofu, mas de carne não.

8- Leite com chocolate

Ninguém consome isso cá em casa. Estou a pensar deixar o leite de vaca de todo mas ainda vai levar um tempinho.

9- Iogurtes para crianças tipo danoninho

Por aqui só existem iogurtes naturais e, lá muito de vez em quando, iogurte grego.

 

10- Bolinhos recheados tipo bolicao
Estão ao nível dos rebuçados e snacks fritos. Impossível considerar aquilo comida. Sentir-me-ia a dar plástico à minha filha para comer.

 

Depois destas últimas, estou a sentir-me um pouco radical... mas só à luz do que nos tem sido imposto há anos e anos.

Tenho a convição de que as minhas escolhas são conscientes e uma consequência de muita pesquisa, ajuda profissional e muito cruzamento de informações. Acho que tenho uma boa ideia do que não tem interesse nenhum na alimentação de uma pessoa adulta e muito menos na alimentação de uma criança.

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Purpurina 19.02.2017

    Muito obrigado Margarida. :) Um beijinho
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.