Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Dom | 01.07.18

2 anos de Maria

Maria2anos7.jpg

 

A Maria foi muito desejada. Mesmo muito.

Todos os meus filhos foram desejados mesmo quando vêm de surpresa mas a Maria representa o que sempre desejei desde pequena. Sempre disse que, a ter filhos, gostaria de ter mais que um.

O parto dela foi mais fácil que o da Lara e só foi necessário uma enfermeira parteira e uma assistente (apesar do parto estar a ser provocado há 3 dias, como o da Lara).

Emocionei-me imenso quando a vi e achei-a perfeita. Esta muito séria e até parecia zangada.

Hoje, com dois anos, ilumina tudo quando sorri e mais ainda quando dá gargalhadas que são muitas e sonoras.

Diz tudo e faz frases completa há algum tempo fazendo-se entender perfeitamente. Já sabe o nome do irmão e dá beijinhos e abracinhos na minha barriga (imitando a irmã).

É gorducha e comilona mas nunca come a sopa sem resistência. Gosta mesmo é de hidratos de carbono, a espertalhona. :D Mas gosta dos meus bolos sem açúcar e das papas de aveia que come todas as manhãs como se fossem a melhor coisa do mundo.

Come sozinha  e é muito desenrascada e independente.

Imita a irmã em tudo e ninguém lhe arranca gargalhadas como a Lara. Às vezes pede-lhe colo e abraça-a. Outras, foge dela quando a Lara lhe quer dar beijinhos.

Defende-se lindamente e, quando a Lara a contraria deixou de chorar e intervém com uns tabefes e uns puxões de cabelo. Estamos a trabalhar nisso.

Adora livros, tal como a irmã, mas também gosta de ver vídeos de plasticina no Youtube (aquilo é completamente viciante, até para mim).

Também gosta de bonecas, de brincar com os instrumentos médicos de plástico, de Lego, de desenhar, de abrir e fechar gavetas, de espalhar os sapatos todos pelo chão e tentar calça-los um a um mas de nada gosta tanto como de livros.

Não sabe o que é um jogo no Ipad.

Adora a creche e é raro o dia em que não foge para o recreio quando a vamos buscar.

Senta-se sempre de uma forma descontraída, de pernas cruzadas e, se possível, recostada. 

Adormece sem problemas e sozinha (nunca foi preciso embala-la) mas faz uma grande folia com a irmã antes de dormir.

Se estiver bem entretida, brinca bastante tempo sozinha, mas se quiser a nossa colaboração ou companhia agarra na nossa mão com força, leva-nos até onde quer e diz-nos onde sentar e o que fazer. Tem jeito para mandar. :)

Já teve um feitio muito mais inflexível mas agora já começa a conhecer a arte da negociação e já é mais fácil controlar as suas birras. 

Tem uma personalidade forte e muito cativante. É tão pequenina e, ao mesmo tempo, parece uma menina crescida.

É completamente parecida física e psicologicamente com o pai: é ponderada, não ri com qualquer coisa e quando caminha, é raro não embicar com qualquer coisa e bater contra a parede nas curvas (toda o seu pai).

Parece que nasceu ontem e, ao mesmo tempo, não consigo lembrar-me bem como era a vida antes dela. A Maria faz de nós uma família muito mais completa e feliz! 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.