Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Ter | 30.01.18

8 dicas para manter a casa limpa e arrumada sem ter muito trabalho

sophia-baboolal-86214.jpg

 
Gosto de ter a casa limpa e arrumada. O que não quer dizer que esteja impecável todos os dias. Bem que gostaria que assim fosse mas a realidade não é essa embora o esforço seja nesse sentido.

De qualquer forma na maior parte dos dias não me envergonho do estado da minha habitação e tento mesmo que esteja sempre habitável (apesar de eu ser uma pessoa um bocadinho dada à, se é que me entendem).

Creio que é tudo uma questão de estratégia e organização e não precisamos de andar sempre a limpar a casa para a mantermos limpa e organizada. A nossa casa vê uma limpeza de duas em duas semanas. Estou a falar de uma limpeza mais profunda, daquelas em que é preciso esfregar, lavar algumas paredes e o teto da casa de banho, aspirar colchões e lavar o chão. Nos outros dias limitamos-nos a manter as coisas mais ou menos limpas.

Existem uns truques que nos ajudam a manter as coisas equilibradas.

 1 - Em primeiro lugar o facto da casa ser pequena e ter muito poucas coisas quer móveis, quer artigos de decoração. Temos o mínimo indispensável de móveis e apenas alguns objetos de decoração que são realmente especiais para nós. É muito rápido limpar o pó por aqui.

2 - Os brinquedos das miúdas têm lugares próprios e são facilmente arrumados depois das brincadeiras. Temos baús e montes de cestos onde os brinquedos são arrumados por tipo e frequência de uso. Temos alguns brinquedos na sala e outros no quarto mas muito poucos à vista.

3 - Nunca passamos a roupa a ferro, o que nos poupa imenso tempo e trabalho. Com a exceção de um ou outro vestido e camisas, nada é passado a ferro.

4 - Organizo as roupas das miúdas com muita antecedência e, de manhã, não levamos muito tempo a despacha-las o que nos deixa tempo para deixar a casa minimamente arrumada.

5 - É raro deixarmos loiça para lavar de noite ou durante muito tempo. Não temos máquina de lavar loiça nem muito espaço no lava-loiças por isso temos mesmo que lavar tudo o que usamos depois de casa refeição. É uma questão de hábito e uma forma de ter a cozinha sempre arrumada.

6 - Cozinhamos sempre à noite e apenas umas três vezes por semana. Poupamos tempo e desarrumamos menos. A verdade é que também não temos muita paciência para passar muito tempo a cozinhar. O facto é que isto também ajuda a manter a casa arrumada.

7- Nunca usamos sapatos em casa. Mais do que uma questão de limpeza, para nós, é uma questão de higiene. Chegamos a casa e descalçamos-nos logo. Deixamos os sapatos debaixo da consola do hall de entrada e calçamos chinelos ou meias anti derrapantes. As minhas filhas brincam muito no chão e, para mim, é impensável pisar o chão de casa com os sapatos que pisaram toda a sujidade da rua. Há quem ache que é uma paranoia mas para nós faz todo o sentido. E, convenhamos, ajuda muito a manter a casa limpa durante mais tempo.

8 - Comprámos um mini aspirador que mudou a nossa vida. Nem sei como demoramos tanto tempo a compra-lo. O nosso é muito simples e foi dos mais baratos e é ótimo. Uso-o todos os dias principalmente na cozinha e na casa de banho (para acabar com os cabelos no chão é a melhor solução).
Para quem quiser algo mais sofisticado também existem mini aspiradores mais potentes que aspiram líquidos, tecidos,etc. Como praticamente não temos tapetes em casa uso o aspirador mais para aspirar cabelos e migalhas e é das melhores aquisições que fiz.

Deixo-vos algumas sugestões de mini aspiradores do género do meu.


Clicar nas imagens para ver preços e características dos aspiradores.


2 comentários

  • Imagem de perfil

    Purpurina 31.01.2018

    Olá Margarida, muito bem vinda e muito obrigada pelo comentário!
    :)
    A questão de fazer as pessoas andarem sem sapatos em casa é o mais complicado também para mim. Já falámos com os familiares e amigos mais chegados que frequentam mais a nossa casa e, em relação aos amigos é fácil até porque eles também começam a implementar o mesmo nas suas casas (principalmente se também têm filhos pequenos). As pessoas de outras gerações têm mais dificuldade em aceitar esta ideia e resistem a ela. :) E também existem as pessoas a quem não temos coragem de dizer nada porque não temos uma relação tão próxima.
    Eu cheguei a ter em casa aqueles packs com vários chinelos de vários tamanhos para oferecer às visitas mas com algumas pessoas não funcionou.
    Neste momento tenho uma amiga que até traz meias antiderrapantes na mala quando vem cá a casa. :)
    O que faço quando recebo pessoas que andam com os sapatos da rua em casa é limpar bem o chão depois de sairem. Se tiver tapetes em zonas comuns e puder retirá-los durante a visita melhor. Parece esquisito isto, eu sei, mas desde que tenho duas miúdas a rebolarem-se pelo chão o dia todo que não consigo mesmo deixar de ser mais exigente com a limpeza do chão. Só de pensar em todos os cocós e chichis de cão, beatas e porcarias que pisamos o dia todo na rua e de imaginar resquícios disso no chão onde as minhas filhas brincam, fico cheia de nervos. :P
    Em relação à roupa penduro tudo para secar o melhor que consigo e quando retiro do estendal dobro e arrumo. As t-shirts, batas das miúdas, os meus vestidos (que são quase todos de malha de algodão), as camisolas e as calças ficam muito bem e sem necessidade de engomar. O mesmo com as toalhas e lençóis.
    O que passamos porque tem mesmo que ser são camisas do Milton e, no verão, alguns vestidos das miúdas que por serem rodados ou de tecido mais fino enrugam facilmente. Mas, se engomar duas vezes por mês, é muito. :P
    Um beijinho
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.