Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Sex | 10.06.16

A fada do lar que há em mim e um bolo de maçã e banana sem açúcar fantástico

Tem aparecido bastante nos últimos dias.

 

Ando louca a limpar a casa, a cozinhar magníficos banquetes, a fazer vestidos na máquina de costura, a tirar todas as nódoas da roupa antiga da Lara e a coser todos os botões em falta nas camisas do meu namorado. Mentira. Não queriam mais nada?!O facto é que, apesar de não andar de lenço na cabeça e rabo espetado a tratar das lides domésticas, tenho tido umas atitudes mais arrojadas no que concerne a este campo.

 

Nos últimos tempos tem-me dado a genica na hora da sesta da Lara e logo pelas 7h00 da manhã, quando a Lara acorda cedo.Primeiro foi durante a sesta. Tenho muito que ler e tal, mas parece que me dá o sono quando me sento no sofá a ler (é por isso, também, que prefiro sair de casa para ler, porque num jardim ou numa esplanada não fica mal adormecer).

 

Então, uma destas tardes, decidi agarrar na caixa de costura e nuns restos de feltro e fazer uns pacotinhos para a Lara arrumar os seus baralhos de cartas com animais, frutas, cores, números e letras.

 

Aproveitei e fiz uma igual para o meu telemóvel.

 

Foi isto:

 

bolsinhas 1

São muito simples, não estão decoradas nem nada. Talvez pense nisso depois mas... fui eu que fiz. :)

 

bolsinhas 2

 

Outro caso deu-se de manhã, logo pelas 7h00.

 

Aproveitando que ainda tinha uma hora de eletricidade mais barata (de acordo com a tarifa tri-horária da EDA) pus-me a fazer um bolo que descobri aqui.

 

O bolo não tem açúcar nem farinha, tal como eu gosto.

 

A Lara foi a primeira a provar e comeu logo uma grande fatia num instante, a meio da manhã. À tarde foi a minha vez e ... adorei!Confesso que nem sempre gosto dos meus bolos, principalmente aqueles sem açúcar que faço para a Lara levar para a creche. Mas ela come e parece gostar muito por isso continuo a fazer. Mas este minha gente, é delicioso. Doce, doce e sem uma colher de açúcar ou adoçante.

 

Só peca por ficar pequenino por isso para a próxima faço o dobro da receita.

 

O meu namorado provou e não achou muito diferente dos que eu costumo fazer mas ele não está  a ver bem a coisa. Este é mesmo muito mais saboroso.

 

Pronto para mim não é tão bom como estas bolachas maravilhosas, mas é muito bom ainda assim.

 

Como alterei um bocadinho a receita deixo-a aqui exatamente como fiz:

 

Bolo de banana e maçã sem açúcar

 
4 maçãs vermelhas
4 bananas grandes maduras7 tâmaras (sem caroços evidentemente)
3 ovos
1 colher de sopa de óleo1 colher de sopa de canela em pó
1 colher de chá de aroma de baunilha1 chávena cheia de flocos de aveia
1 colher de sopa cheia de sementes de chia ou papoila
 
 
Coloquei todos os ingredientes (exceto as sementes de papoila) no copo da bymbi e triturei na velocidade 8 durante 25 segundos.
 
Juntei as sementes de papoila e envolvi na colher inversa durante 20 segundos.
 
Deitei o conteúdo numa forma de silicone em forma de tarte e coloquei no forno preaquecido a 180º durante 30 minutos ou até ficar dourado em cima.
 
Não ficou muito bonito mas ficou uma delícia. A consistência é a de um pudim ou queijada.
 
Resultado:
 
 
bolo 4
 
bolo 3
 
bolo 1
 
bolo 2
 
 
Versão 2
 
Tudo exatamente igual, mas dobrando a receita (excepto os ovos:
 
coloco 3 grandes ou 4 médios), sem colocar as sementes de papoila ou chia e triturando grosseiramente na velocidade 4.
 
Eu gosto das duas versões mas o Milton prefere esta.
 
Fica uma delícia!
 
 
bolo de aveia e frutas

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.