Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Sab | 05.05.18

A loucura continua: desta vez com os vestidos mais bonitos e originais que encontrei

vestido original 7.jpg

 

Quando era uma jovem na casa dos 20 anos gostava de ter roupa original. Não tinha que ser tudo dos pés à cabeça, não tinha que ser uma vestimenta digna de uma "Lady Gaga" nem peças únicas mandadas fazer para garantir que mais ninguém tivesse algo igual. Tampouco tinha que ser algo que desse nas vistas ou chamasse demasiado a atenção sobre mim.

Do que me lembro é de gostar de vestir coisas diferentes quando saía à noite (coisa de rapariga, parece-me). E acho que estava muito bem este pensamento. Quando somos mais jovens (e quando não somos também) sentimos uma vontade especial de nos expressarmos também pela forma como nos vestimos. Acho que isso é uma forma de arte que pode ser levada mais ou menos a sério. 

Lembro-me de umas sabrinas prateadas que adorava usar com meias de rede e saias de pregas pretas abaixo dos joelhos. Lembro-me de ir ao Lux vestida com uma camisa de dormir da Oysho e me perguntarem na casa de banho onde tinha comprado aquele vestido tão giro (creio que era a sério). Lembro-me de uma mala transparente preenchida com coisas criteriosamente escolhidas como um porta moedas de verniz vermelho e um batom especialmente bonito.

Agora já não dou tanta importância a isso. Passei a gostar de sair à noite com umas calças de ganga e uma t-shirt preta. O costume, portanto. Para falar a verdade, já nem me lembro da última vez que saí à noite. 

Mas, ao passar os olhos pelo site da La Redoute (ou outros que esteja a ver no momento) não consigo deixar de parar em vestidos diferentes e pensar que seriam uma aquisição de valor no meu roupeiro de roupa quase toda igual. :P

E agora, que está tudo com 50% de desconto, a oportunidades pisca-me o olho como luzes fortíssimas e coloridas.

Não sei se vou cair na tentação, até porque tão depressa não terei um evento que o justifique mas deixo-vos abaixo os 12 vestidos mais bonitos e originais que encontrei (na minha opinião, claro).

E os preços são o melhor de tudo. É ver para crer.


Clicar nas imagens para ver preços e tamanhos disponíveis.



Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.