Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Seg | 03.01.22

Acreditem ou não, criei uma receita

Bróculos salteados com queijo feta e cajus

comida feliz 7.jpg

O nome da receita já diz tudo: "Brócolos salteados com queijo feta e cajus". 

Não disse que era uma receita complexa, pois não? 

Ocorreu que já eram mais de 21h00, não tinha jantar feito e já tinha uns brócolos cortados e lavados no frigorífico, que não tinha chegado a cozinhar.

E, mais de uma forma automática e impensada, do que sob a influência de uma genuína vontade de cozinhar, agarrei no Wok e coloquei azeite no fundo. Piquei uma cebola e três dentes de alho e refoguei no azeite. Juntei os brócolos, bem cortados, reguei-os com umas duas colheres de sopa de molho de soja e salteei uns 10 minutos, mexendo sempre. 

Gosto dos legumes bem crocantes e pouco cozinhados e acho que estou a transformar-me numa especialista nisso (perdoem a falta de modéstia).

Entretanto, desfiz um queijo feta em cima dos brócolos e, sempre mexendo, deixei ficar um minuto no fogão, para se desfazer um pouco.

Desliguei o calor e servi.

Polvilhei com cajus torrados e  já está. Uma refeição bem decente e gostosa.

O Milton acrescentou um pouco de mel, mas eu não provei. Achei que estava excelente assim mesmo.

Tenho que confessar que estou mesmo muito orgulhosa deste meu feito. Sou conhecida, também, por cozinhar pouco e mal por isso, este sucesso culinário, soube-me mesmo bem, literal e figurativamente.

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.