Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Ter | 26.07.16

Amamentar dá uma fome de dragão

mulher-com-fomeOk. Sempre fui uma pessoa com um apetite considerável.Bem... Em criança era muito esquisitinha para comer mas, depois da adolescência, fiquei com um apetite de pessoa que anda de enxada na mão o dia todo.Mas, minha gente, agora é demais. Uma hora depois de comer, ando esganadíssima. Chego a sentir um buraco no estômago. Tenho comido muito bem às refeições e ainda como gelados várias vezes por semana. E continuo a sentir que podia comer o dobro do que como e nunca ficar inteiramente satisfeita.Li, algures, que quem está a amamentar deve consumir cerca de 2800 calorias. Não faço ideia como é que converto isso em comida mas... devo andar a consumir muitas calorias. Como pão como se não houvesse amanhã e despacho gelados como quem despacha caracóis sem mastigar.Três semanas depois do parto, perdi 9 quilos. Estou com 55, 6 kg e, quando perder mais 4 vou sentir-me satisfeita. Portanto, até estou a perder o peso da gravidez muito bem. Mas a fome, minha gente, é uma coisa extraordinária.A Maria faz intervalos entre mamadas que podem variar entre os 40 minutos e as 3 horas. Há dias e noites em que mama de hora a hora. Faz muito chichi e cocó umas 3 vezes por dia.Na consulta de pediatria dos 15 dias, estava com mais de 4 kg e no percentil 85 de peso e 50 de comprimento.Creio que isso pode explicar a minha fome de dragão.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.