Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Sab | 24.06.17

Antes, se me contassem, escangalhava-me a rir na cara da pessoa!

manhãs 7.jpg


Se me contassem que as minhas manhãs de domingo iam ser assim.

Que ia acordar invariavelmente pelas 6h00 da manhã.

Que, antes das 8h00 da manhã, já tinha apanhado e dobrado a roupa do estendal, lavado e estendido uma máquina de roupa, já tinha feito uma panela de sopa para a semana toda, provavelmente  tinha feito papas de aveia para alguns dias e estaria a lamentar-me por não ter conseguido fazer um bolo e adiantado o almoço.

 

Que fazia isto tudo depois de ter alimentado a bebé, e tendo que a entreter enquanto fazia o resto das coisas.

 

Que fazia isto a cantar, a fazer palhaçadas, a inventar tambores com colheres e caixas de plástico, puzzles com molas, a encher vezes sem conta cestos com brinquedos variados que a Maria ia esvaziando divertida e eu voltava a encher... 

Que enquanto fazia isto, ia-lhe limpando o nariz de 2 em 2 minutos, ia-lhe mudando a fralda, já que de manhã resolve fazer cocós moles espaçados por breves minutos, ia-lhe dando água que está muito calor e brincando às escondidas enquanto me esgueirava para estender mais uma camisola e um par de meias.

 

E entretanto acorda a Lara que vem diretamente para o colo, já que a irmã também lá está e eu, com as duas ao colo, arrasto-me até ao sofá, ponho desenhos animados à escolha da Lara o que é um bocado complexo usando o Youtube  (quem inventou o sistema de pesquisa da Apple TV devia estar bebado), ponho a Maria numa espreguiçadeira e vou preparar pequeno almoço para a Lara e dou-lho à boca (que já me deixei das lutas diárias para ela comer sozinha).

O Milton vem ter connosco pelas 9h00 e já estão as duas quase despachadas, a cozinha num caos mas pronto, já se fez muita coisa de manhã. 


Hoje ficou ele a dormir, está adoentado, noutros dias sou eu que fico a dormir (quando se consegue dormir com o barulho todo que se faz nesta casa logo de manhã, que isto de viver num apartamento tem destes incómodos).

Entretanto lembro-me que seria bom ideia comer qualquer coisa, já agora. Nisto tudo esqueci-me de comer e se calhar ainda fazia uma coisa ou duas antes do pequeno-almoço...

Mas ainda é cedo e o Milton vai à praia com a Lara e eu vou vesti-la, colocar-lhe protetor solar, ajudar a preparar o lanche, enquanto o Milton despacha o que há mais para despachar. Como depois deles sairem. 

E com o que é que eu fico espantada afinal?

 

Com este trabalho todo de manhã em oposição a acordar ao meio dia, tomar um bom pequeno-almoço numa esplanada à beira mar, e passar o resto da manhã a preguiçar na praia e a ler um livro?

 

Não é bem isso.

 

Fico espantada porque não trocava isto por absolutamente nada. :) 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.