Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Qui | 06.08.20

Brincadeira para 6 anos que ajuda a praticar a leitura

Durante a quarentena comecei a ensinar a Lara a ler.
Ela já conhecia as letras todas desde os 3 anos e começámos a juntar todas as consoantes com vogais para formar sílabas simples.

Neste momento consegue ler palavras simples como tapete, bebé, pai, gaveta, banana, casa, caneta, etc.

Como em setembro já vai para a escola deixei de a ensinar a ler de forma muito ativa. Não sou professora e não quero ensinar a Lara de forma errada ou diferente da que vai ser utilizada na escola.

Ainda assim, e uma vez que ela já vai lendo qualquer coisa, faço alguns jogos com ela que estimulam a leitura de uma forma divertida.

Um destes dias preparei uma atividade bastante simples: juntei alguns objetos num cesto e escrevi o nome desses objetos nuns papeis.
A Lara teria que juntar o nome ao objeto correspondente.

Ela gostou bastante da atividade e fez tudo certinho. Para a próxima tenho que aumentar a dificuldade. 

Este jogo é muito simples, fácil de fazer com objetos que encontram por casa mesmo, e faz com que as crianças pratiquem a leitura de uma forma divertida.

IMG_7165.jpg

IMG_2494.jpg

 

3 comentários

  • Imagem de perfil

    Purpurina 07.08.2020

    Isso é a melhor coisa que podia ler aqui.
  • Imagem de perfil

    Nala 08.08.2020

    Podes mesmo crer que é verdade! Ainda não tenho filhos mas é um desejo e quero inspirar-me em pais reais. Pais que cometem erros, fazem o que podem, não se assumem donos da verdade nem gritam aos 4 ventos "ser pai é muito difícil, agradeçam-me por ter filhos" (estou a exagerar com esta última frase mas às vezes parece que é mesmo assim).
    Os teus posts e o olhar que nos mostras sobre a tua família é fresco e de bem com a vida, assumindo que ser mãe/pai é difícil e desgastante mas que não há mal nisso e que o mais importante é haver uma combinação de pais/filhos felizes e não de pais/filhos perfeitos. É por isso que vos adoro o teu blog, me derreto com ele e sobretudo espero puder inspirar-me dele mais tarde!
    Um enorme beijinho para todos!
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.