Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Ter | 08.11.16

Carla, a péssima dona de casa

Um destes dias, pelas 22h00 (que é quando cozinhamos cá em casa) decidimos cozer massa para acompanhar uma carne picada que tinha restado de refeições anteriores.Antes de continuar, informo que guardamos grande parte da mercearia em frascos de vidro. É por esse motivo que os armários da cozinha mais altos estão cheios de frascos de vidro.

 

Quando abro o armário a única coisa que vejo é a ponta dos frascos, calculando que todos se encontram cheios de massas, lentilhas secas, feijão seco, arroz, farinha, açúcar, aveia, sal.Mas nesse dia não havia massa.Ok, disse eu "Cozemos arroz então."Costumamos ter vários tipos de arroz: arroz arbóreo para risotto, arroz integral, arroz agulha, arroz carolino e arroz basmati.

 

O Milton procurou, procurou e não encontrou arroz.Já um pouco impaciente (não era a primeira vez que o Milton não encontrava uma coisa que estava mesmo à frente do seu nariz, ou não fosse ele homem) subo a uma cadeira e espreito para dentro do armário.

 

E encontro isto:

 frascos-de-vidro

 

Pois... parece que me descuidei um bocadito com as compras.

 

Estava sempre a contar que os frascos estivessem cheios mas, curiosamente, estavam todos vazios.O que vale é que, depois de procurar bem, lá encontrámos arroz integral para salvar o almoço do dia seguinte. :)

 

Acontece a todos. Ou não? :P

 

arroz-integral

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.