Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Qui | 11.06.15

Coisas de mãe #1: o que vale mesmo a pena comprar

Um bebé não precisa de muitas coisas.
 
Claro que existem artigos que nos facilitam imenso a vida mas não precisam ser novos nem caros. Quase todas as coisas que usei eram em segunda mão (incluindo roupas), e serviram lindamente. Deixo-vos uma pequena lista de itens do que, para mim, foi mais útil nesta aventura da maternidade.

 

Ovo e carrinho de bebé

 

carrinho
Ovo e Carrinho de bebé emprestado por amigos, acho que a marca é Bébécar
 
É daquelas coisas que não podemos evitar ter. É obrigatório transportar o bebé, de carro, numa cadeirinha própria e o ovo é o mais indicado. A maior parte dos ovinhos encaixa num carrinho e alguns carrinhos até têm a alcofa, numa versão "3 em 1".
 
Usei apenas carrinho e ovo.

 

Banheira

banheira
 
A banheira que usei era muito parecida com esta e foi emprestada por amigos
 
Usei banheira, com suporte, até aos 13 meses da Lara.
 
Depois começou a ficar grande demais e, como já se equilibra bem em pé, torna-se mais prático e rápido tomar banho de chuveiro.

 

 

Parque

 

 
Parque Chicco comprado na Prénatal
 
Parque Chicco comprado na Prénatal
 

Este parque à venda na Amazon

 

Nem todos os bebés se dão bem no parque mas com a minha filha resultou bem.
 
Optei por comprar um grande e bem resistente porque tive um "feeling" de que seria uma coisa que iria usar muito.
 
 
A Lara nunca ficou horas dentro do parque mas sempre se aguentava a brincar lá dentro uns 30 minutos, o que me dava liberdade para ir fazendo as minhas coisas descansada e com a certeza de que ela estava bem e protegida.
 
Desde os 12 meses que uso o parque como cama. Comprei espuma para forrar toda a extensão do fundo e foi das melhores coisas que fiz. Ela passou a dormir sozinha, no seu quarto e, ao mesmo tempo, a dormir a noite inteira várias vezes.
 
O que se passa é que a Lara mexe-se muito de noite e, como as paredes do parque são de tecido flexível, ela nunca acorda, por mais voltas de 360 graus que dê durante a noite.
Outra vantagem é o facto do parque, depois de ser repleto de almofadas fofinhas, ficar transformado numa autêntica tenda de boneca.
 
Creio que vou manter este sistema por mais uns meses.

 

Cadeira de alimentação

 

Cadeira da Prénatal
 
Cadeira da Prénatal
 
No início achei que me ia arrepender de ter comprado a cadeira porque, muitas vezes, era mais fácil dar a comida à Lara, ao colo. Mas, agora que ela já come muita coisa sozinha, é um descanso ter a cadeira e poder ter a Lara a comer ao mesmo tempo que nós.

 

 

Berço

Berço emprestado por uma amiga

Berço emprestado por uma amiga

 
Desde que nasceu que a Lara começou logo a dormir no berço. Correu lindamente até ela se começar a mexer mais e a dar cabeçadas noturnas nas grades do berço (apesar dos protetores de tecido).
 
Existem uns protetores, em forma de almofada, que são capazes de resolver essa questão mas não cheguei a comprar.

 

 

Intercomunicadores

 

Intercomunicadores Chicco comprados na Zippy Intercomunicadores Chicco comprados na Zippy
 

Intercomunicadores Chicco à venda na Amazon

 
Como vivemos num apartamento pequeno achámos que não iríamos precisar de intercomunicadores mas aproveitámos um cheque-prenda zippy para os comprar e... nem sei como tinhamos passado sem eles .
Agora, fechamos a porta do quarto da Lara e ficamos a ver filmes na sala super descansados. Durante a noite, ao primeiro ruído, podemos ir logo resolver a situação antes que a Lara acorde de vez.
 
Não é indispensável mas é uma ajuda enorme.
 
Recomendo muito.
 
Claro que cada bebé é diferente e terá reações e necessidades distintas mas, comigo, estas foram as coisas que resultaram melhor.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.