Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Seg | 16.11.15

Como entreter uma criança de 20 meses na cozinha ou "Como me tornei Guru de Educação"

Brincar com letras

 

Naqueles dias (raros já se sabe) em que temos que fazer qualquer coisa na cozinha e tomar conta de uma criança ao mesmo tempo e, por um ataque agudo de consciência, não nos apetece por-lhe um ecrã à frente, tento entreter a Lara com objetos números e coloridos que existam por ali mesmo.

 

Já foram molas, formas de gelado e fichas com receitas mas isso já não cola.O que tem colado, e muito bem, é um conjunto de letras magnéticas no nosso frigorífico. A Lara passa ali o tempo de eu fazer o jantar, lavar a loiça e, com alguma sorte, estender a roupa e por mais alguma a lavar.

 

Ela tira todas as letras do balde e aplica-as no frigorífico, tira-as e arruma no balde, muda-as de sítio, dá-me as cores que lhe peço, faz umas figuras abstratas com as letras e, quando se farta, atira tudo ao chão e pisa-as. O que é ótimo também.

 

Aproveito para treinar a educação. Adoro esta parte (ahahahahaha)! Sério.

 

Digo-lhe com muita calma que se ela continuar a proceder assim, terei que concluir que não quer brincar mais e colocarei as letras fora do seu alcance.Se ela volta a insistir, explico novamente que não é assim que se brinca com as letras, pois os seus atos podem danifica-las tornando-as imprestáveis. Isto com um ar muito sério.

 

À terceira, arrumo o balde com as letras. Ela começa a choramingar e eu explico que as suas ações têm consequências, que eu já tinha avisado o que iria acontecer e que deixar de brincar com as letras foi uma opção dela ao persistir num comportamento desadequado.

 

A Lara deixa de chorar e vamos para o quarto brincar com outra coisa qualquer.

 

Entretanto fico toda orgulhosa e cheia de mania que sou uma educadora fantástica. Dura 2 minutos. Depois dá-me um ataque de dúvida e começo a pensar que, de facto, ela já estava farta de brincar com aquilo e que lhe pareceu muito bem que eu arrumasse. E que até terá ficado aborrecida por só lhe ter retirado aquilo da frente à terceira. Será?! 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.