Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Qua | 17.07.19

Conversas da Maria

67445524_2551221784897743_910119908077993984_n.jpg

#1

Entro na cozinha e encontro a Maria, sentada à mesa com uma bolacha na mão, em frente a um pacote de bolachas cheio.

Diz-me ela:

"Mãe, vai-te embora. Quero ficar sozinha."




#2

A determinada altura estava a explicar à Maria a concordância do adjetivo numa frase, indicando que o pai é bonito, a mãe é bonita, a Lara é bonita, o Eduardo é bonito, etc.

Mais tarde diz-me ela:

"O pai é muito forte."

Respondo eu:
"Pois é. Mas a mãe também é forte."

Ao que ela replica, muito decidida:

"Não, não. A mãe não é forte. A mãe é forta."

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.