Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Qui | 19.06.14

Dia de pesagem #2


Ontem, quinta-feira, foi dia de pesagem e... voilá 53,8 kg.
Recuperei, finalmente, o peso mais baixo que tive depois da gravidez. Sim, porque depois de perder os 9 kg que tinha ganho, voltei a engordar...

A minha próxima meta é chegar aos 52 kg, que é um peso bom para os meus 1,60 metros.

Algumas notas sobre esta pesagem:

- Fiz, desde a semana passada, alguns ajustes na dieta e no exercício físico. De acordo com os conselhos de uma amiga, deixei de comer pão ou aveia ao lanche. Agora só de manhã ou ao almoço.
Para além de correr 3 vezes por semana, passei a fazer este exercício também 3 vezes por semana. No dia que sobra faço este exercício de yoga. Os exercícios abdominais faço apenas nos dias de yoga e de corrida.

- Como doces de vez em quando, mais ou menos uma vez por semana. Não é nada de especial: uma fatia de bolo aqui, um bavaroise de chocolate e natas ali, e um corneto de morango acolá.
Para além do peso, preocupa-me a hiperglicemia, por isso já não como doces "à maluca" como fazia antes. Sempre que como doces tento comer frutos secos também. Diz-se que ajuda a regular os níveis de açúcar no sangue.
Também "ataco o pão" de quando em vez, mas só pela hora de almoço. Geralmente é quando vou almoçar fora. Agarro-me ao cesto do pão e ao queijo, e devoro 3 ou 4 fatias num piscar de olhos. Vou tentar evitar.

- Ando a pé sempre que possível. Uma vez que vivo relativamente perto da baixa de Ponta Delgada, faço a minha vida quase toda a pé. Sempre são mais de 30 minutos a andar.

- Sinto-me cada vez mais motivada para adoptar este modo de vida - entenda-se fazer exercício físico todos os dias- para sempre. Não só para manter o peso mas, sobretudo, porque me deixa cheia de energia durante todo o dia. Faz uma diferença gigante na minha disposição. Nunca mais me senti preguiçosa e cansada.  Continuo a não gostar de me exercitar  mas já não posso dizer que detesto. Os resultados compensam grandemente o sacrifício.

Não sei se vou fazer muita coisa diferente esta semana mas, para a semana cá estarei outra vez para falar do resultado da pesagem.

Escrever sobre isto motiva-me mesmo pá! Sinto-me assim... comprometida.



Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.