Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Sex | 07.06.19

Eduardo, 10 meses

62021532_2467962093223713_1608557954926116864_n.jp

10 meses da melhor surpresa que a vida nos trouxe.

Ainda hoje olho para ele e parece-me inacreditável ter tido a sorte dele ter surgido nas nossas vidas. Lembro-me muito bem do momento em que descobri que estava grávida, com duas filhas pequenas ainda, e de ter sentido uma calma imensa e uma alegria enorme.

E, mesmo nos momentos mais desafiantes, quando em casa é só gritos, desarrumação e desorientação, sinto-me sempre feliz por ver a casa cheia de miúdos. 

Isto para dizer que o rapaz já tem 10 meses, embora tenha nascido ontem.

Está cada vez mais maroto e reclamão. Sempre que quer alguma coisa, barafusta e torce-se todo no colo até adivinharmos o que quer.

Gosta muito da creche e manda-se, literalmente, para o colo da educadora (por quem eu tenho um carinho maior do que posso descrever). Demorou apenas 2 dias a habituar-se à creche.

Estranha ainda alguns colos e chora quase sempre se for para o colo de alguém que não conhece, embora existam exceções (como uma colega de trabalho que encontrei a caminho de casa e no colo da qual o Eduardo quase adormeceu).

Come muito bem e o que prefere é fruta e papinhas de batata doce com banana. Mama muito ainda: de manhã antes de ir para a creche, pelas 16h30 quando o vou buscar e depois mais uma ou duas vezes antes de ir dormir. Ao fim de semana e quando estou em casa, mama sempre que quer.

Ri-se muito com quase tudo o que fazemos e, se não nos metemos com ele é ele que se mete connosco fazendo barulhinhos com a boca e puxando-nos com as mãos.

Começou a sentar-se sozinho há pouco tempo  mas já sobe para cima de tudo e gatinha pela casa a toda a velocidade.

Já não se aguenta tempo nenhum no parque ou na espreguiçadeira. Gosta mesmo é de andar pelo chão a explorar a casa e os brinquedos. Gosta especialmente de brincar com fruta e legumes de plástico e com peças de construção grandes e coloridas.

É capaz de se entreter sozinho muito tempo mas não podemos estar "à vista" porque, quando me vê, por mais entretido que esteja, começa logo a pedir colo e a choramingar se não pegar logo nele.

Já dorme a noite toda há uns dois meses.  O Milton adormece-o dançando com ele ao colo, pelas 9h30, ele mama pelas 00h00 e depois acorda por volta das 7h00 ou um bocadinho antes.

Adora as irmãs e sobe pelo colo delas sempre que as encontra " a jeito". Gosta muito de puxar cabelos e pelos em geral, principalmente os pelos das pernas do pai aos quais ele acha especial graça (pode ser que venha a ter uns iguais).

Últimamente toda a gente diz que é a cara do pai. Ou da Maria. Continuo a achá-lo parecido com a Lara, mas em versão masculina.

Bate palmas, diz adeus à sua maneira e imita os sons que fazemos embora percetivelmente só se oiça: "Dá".

Gosta de dar cabeçadas e temos mesmo que ter cuidado para não levarmos uma grande cabeçada dele. É uma brincadeira que gosta de fazer e não faço ideia onde aprendeu.

Está cada vez mais gostoso e fofo. E é extremamente mimado por nós todos, principalmente por mim e pela Lara que, se pudesse, andava com ele ao colo o dia todo.

 

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.