Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Qui | 18.02.21

Eduardo #14

O sociável

IMG_5163.jpg


O Eduardo tem 2 anos e meio.

É um menino muito alegre e enérgico. Também é muito meiguinho e brincalhão. Adora rir, saltar, pular, ver vacas, cães, gatos, galinhas, cavalos e animais em geral.

Às vezes é um bocadinho tímido na escola, quando regressamos de férias ou após um período de alguns dias em casa.

Mas, com meninos mais crescidos, é muito sociável.

Reparámos mais nisso depois dos confinamentos. Quando vamos a algum parque (agora vamos sempre a parques maiores, onde é possível mantermo-nos afastados das outras pessoas) e ele encontrava algum menino a brincar, arranja sempre forma de se meter com ele. Se percebe o nome do menino chama-o pelo nome. Se não sabe o nome diz:" Menino, meninooooo", ri-se para ele, faz caretas e incita-o a correr atrás dele. Felizmente são brincadeiras em que não há contacto físico ou sequer muito próximo, mas sim uma vontade de brincar junto, correr um atrás do outro e interagir de alguma forma. 

É muito engraçado de ver porque, nisso, o Eduardo destaca-se de todos nós, uns autênticos "bichos do mato". 

Como ele é pequenino, os meninos também lhe acham graça e brincam com ele, com facilidade e alegria. 

Agora até temos algum receio de encontrar pessoas no parque porque, realmente, é muito difícil prever como é que as pessoas irão reagir a uma tentativa de contacto, mesmo por parte de uma criança pequena. Para já correu sempre bem, mas nós também estamos muito atentos para que o Eduardo não se aproxime demasiado.

Por aí, como gerem estas situações?

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.