Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Seg | 22.03.21

Eduardo #17 ou "Apetite Madrugador"

IMG-8375.jpg

O meu filho Eduardo tem 2 anos e meio e é um grande comilão. Para nossa alegria, claro.

Se ele pudesse passava o dia a comer: pão, bolachas, bananas e papas de aveia. 

Acorda todos os dias entre as 6 e as 6h30 da manhã e a primeira coisa que diz é: "Quero comer papa de aveia."

É isto todos os dias, sem exceção. Sempre a mesma frase e o mesmo pedido para o pequeno-almoço.

Numa destas noites, acordou às 5h00 da manhã a pedir para comer papas de aveia.

O pai, que o foi buscar à cama, disse que ainda era de noite, que ele precisava dormir e que, de manhã, comeria as suas papas de aveia. Ele começa a chorar e a chamar por mim. Digo-lhe exatamente o mesmo que o pai, sempre com muito carinho.

Vendo que não estava a conseguir levar a sua avante, começa a chorar e a chamar pela senhora que lhe dá comida todos os dias na escola. Fartámo-nos de rir... Na cabeça dele, a senhora (que ele adora) nunca recusaria dar-lhe comida.

Acabámos por o deitar na nossa cama e, com umas festinhas na barriga, adormeceu em menos de nada. Foi a primeira vez que o Eduardo dormiu na nossa cama.  

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.