Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Qui | 07.05.20

Eduardo #6

IMG_0775.jpg

Este miúdo é um comilão.

Ainda bem. Nós estamos satisfeitíssimos com isso. É ótimo que ele tenha apetite.

Estamos apenas surpreendidos com a aparente falta de limite para o seu apetite.

Ele come bastante bem e parece satisfeito. Mas, basta ver alguém a comer, que começa a abrir a boca como um hipopótamos esfomeado, para o detentor da comida partilhar com ele.

Estou sempre a ver as irmãs a porem-lhe comida na boca. 

É engraçado que elas não são nada egoístas e, mesmo que estejam com muita vontade de comer o que estiverem a comer, são incapazes de não partilhar com ele, tal é a cara de gato das botas com que ele olha para elas.

E, felizmente, ele come de tudo: sopa, pão, iogurte, queijo, papas de compra, papas caseiras, carne, peixe, ovos, legumes, queijo, nozes, avelãs, tudo. E ainda mama. Várias vezes por dia. Já estamos a pensar comprar uma arca porque o nosso frigorífico não dá vencimento a esta família numerosa. 



 

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.