Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Sex | 02.03.18

Ela desobedeceu-me e eu fiquei muito feliz com isso!

irmas 7 amor.jpg


Estavamos todos na cozinha e as miúdas estavam a acabar de jantar.

Dei à Maria uma pêra cortada em 4 pedaços que ela já come bem sozinha mas ela estava mais interessada em brincar com a pêra do que em comê-la. Retirava-a da taça onde estava e brincava com os pedaços nas mãos  sem comer.

Ainda a deixei ficar naquilo uns minutos mas depois tirei-lhe a pêra. 

A Maria começou logo a reclamar por lhe ter tirado o "brinquedo".

Nisto a Lara, que tinha estado muito sossegada a observar tudo do seu lugar, levanta-se e dá novamente a taça com a pêra à Maria.

Quando lhe disse que não devia dar a fruta à Maria porque ela ia estragá-la a brincar ela disse-me, muito séria, que a Maria estava a comer a fruta e não a brincar. Disse-o com um ar de quem estava a defender a irmã num possível delito, fazendo algo para a deixar feliz e bem disposta.

Vi que a Maria estava a mordiscar a pêra sem grande convição e deixei estar. Não disse mais nada porque não soube o que dizer mas fiquei muito feliz por ver aquela cumplicidade entre as duas (mesmo que seja contra o que eu decidi).

Já não é a primeira vez que isto acontece.

Às vezes, mesmo sabendo que não deve, a Lara vai à caixa das bolachas e tira uma para ela e outra para a irmã. É tão querida a fazer isto que eu sou incapaz de lhe dizer alguma coisa com convição.

 

 

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.