Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Qui | 07.11.19

Livros de Expressão Plástica para 4 anos: a descoberta do mês

Expressão plástica.jpg


Lembro-me de ter uns 5 ou 6 anos e adorar uma disciplina na escola que se chamava "Expressão Plástica". Alguém se lembra disso? Pessoas dos anos 80?

Havia colagens, picotagem, pinturas, plasticina... e eu adorava aquilo tudo. Era mesmo o que eu mais gostava de fazer. Sentia que construía mundos, inventava coisas bonitas e adorava sentir que podia criar com as minhas mãos aquilo que a minha mente ditasse.

Dito assim parece um pensamento muito profundo para uma criança de 6 anos mas, bem traduzido, acho que era isso que sentia.

Hoje, não obstante a existência de jogos de computador, playstations, tablets e smartphones cheios de possibilidades, acredito que as crianças ainda preferem criar com as suas próprias mãos, manuseando coisas de verdade, com cheiros e texturas diferentes.

A minha filha mais velha, com 5 anos, é assim. Tem à disposição iPad e televisão (com desenhos animados sempre selecionados ou supervisionados por nós e a horas acordadas) mas gosta mesmo é de livros. Ainda me pede para lhe ler várias histórias todos os dias.

Este ano, talvez por ter começado a fazer estas atividades na escola, está bastante interessada em livros de atividades com jogos e pequenos exercícios adequados à sua idade.

Por isso quando recebi em casa um conjunto de livros de expressão plástica para crianças fiquei entusiasmadíssima. E com muita razão porque a Lara pegou logo neles e ficou entretida durante horas a fazer sozinha as atividades dos livros.

Deixei-a fazer o primeiro sozinha para ver o que acontecia (e também porque tinha a casa para limpar e convinha-me muito que a Lara se entretesse sozinha) e foi uma experiência bastante engraçada.

A Lara fez tudo bem e como era suposto fazer sem eu ter que lhe ler as "instruções" dos exercícios. 

Construiu brinquedos de papel, pintou o que era para pintar e eu só ajudei na parte do recorte e das colagens. E ainda ficou cheia de brinquedos novos.

Estes livros são fantásticos mesmo: 

- O material é resistente e muito apelativo.

- Cada livro tem um tema específico e educativo. Os quatro que recebemos têm temas diferentes. Cada um é referente a uma cultura e a uma parte do mundo diferente. Acho este detalhe fenomenal.

- Cada livro tem atividades que presupõe o uso de diferentes técnicas de pintura: com lápis, com aguarelas, com esponjas, com dedos e utilizando réguas de cartão destacáveis com variadíssimos moldes de desenhos relacionados com o tema específico do livro.

- Os livros têm ainda brinquedos em peças destacáveis que a criança terá de construir: podem ser animais, um leque, uma lanterna chinesa, objetos de decoração, máscaras entre muitas outras coisas.


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.