Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Sab | 16.07.16

Maria #1 - 2 semanas

Maria

 

A Maria fez ontem 2 semanas. O tempo passou a voar!

 

Ainda ontem estava grávida e andava a arrastar a barriga por aí, a aproveitar os dias de sol e a tentar escolher entre as poucas roupas que ainda me serviam, para ir passear.

 

Ainda ontem tive uma das experiências mais surpreendentes da minha vida, com o parto da Maria, simples e rápido, apenas com a ajuda de uma enfermeira e uma auxiliar. Foi bonito e perfeito. Senti que podia ter tido este bebé em casa.Agora a Maria tem duas semanas. Duas semanas em que me sinto ainda mais feliz e completa. Duas semanas em que me redescobri como mãe e como pessoa, em que me superei e surpreendi em muitos aspetos.

 

Foi uma surpresa para mim a facilidade e calma com que consigo cuidar de duas filhas ao mesmo tempo e ainda tratar da casa (uns dias melhor que outros). A forma como me controlo e tento ser uma mãe melhor e mais paciente quando a Lara tem ataques de ciúmes e de birras.

 

O mais difícil para nós nem é não nos passarmos e gritarmos, o árduo é não nos escavacarmos a rir quando a Lara começa a gritar descontroladamente, a bater com os pés e as mãos no chão e a correr para o quarto aos gritos e guinchos como uma desesperada.

 

É tão bizarro que só nos dá para rir (embora não o façamos à frente dela porque iria, certamente, ferir-lhe os sentimentos).Claro que tenho dias em que ando extremamente irritada e todos me parecem "o inimigo".

 

Sinto-me aborrecida por estar em casa tanto tempo, por passar grande parte do dia a tratar da roupa e da loiça, a cozinhar, a dar de mamar, a arrumar a casa e a fazer uma "vida de fada do lar" com a qual não me identifico grande coisa.Mas, depois, penso em todas as razões que tenho para andar super feliz e a má disposição passa depressa.

 

Para além da minha família que dá sentido a tudo e muita qualidade a todos os meus minutos, ainda faço uma série de outras coisas de que gosto: escrevo neste blogue, leio bastante, vejo filmes e séries, aprendo muitas coisas novas todos os dias, descubro a cada dia mais youtubers interessantes para seguir, aprendo umas receitinhas saudáveis novas...

 

Quanto à Maria:

  • Continua a ter entre as suas atividades preferidas mamar, dormir e ficar no colinho a ser embalada.

  • Não chora muito tempo seguido, mas choraminga muitas vezes, só se calando no colo ou a mamar.

  • Acorda de noite em intervalos de 2 ou 3 horas para mamar.

  • Já arrota mais vezes ou os pais já aprenderam a colocá-la a arrotar de uma forma mais eficaz.

  • Gosta de estar no colinho da irmã, encostada à barriga dela.

  • Gosta muito de festinhas na cabeça e sorri quando lhe faço festas (ainda será um sorriso involuntário mas consola na mesma).

  • Passa muito mais tempo de olhos abertos (cerca de 2 a 3 horas por dia).

  • Gosta muito de tomar banho mas não gosta de mudar a fralda e ser despida e vestida.

  • Não gosta de claridade nem de barulhos. Percebemos que um dos motivos que a faz chorar é o barulho e muita confusão à volta dela.

  • Com duas semanas já não cabe nas roupas de recém nascido, que seriam até um mês. O que a irmã vestia aos 2 meses, já lhe está à justa. A partir de agora, só roupa de 1 a 3 meses que assenta mesmo bem, nem fica folgada.

  • Já saiu conosco algumas vezes para esplanadas, ficando a dormir o tempo todo no ovinho.

Quanto a mim, estou agora, duas semanas depois do parto, na mesma fase em que estava um mês e meio depois do parto da Lara. Já não me doem os pontos, a barriga está bastante mais pequena, os mamilos ainda doem um pouco mas já não têm feridas e nem preciso de usar creme de lanolina.

 

Comecei ontem a usar a cinta pós parto e, apesar de ser xs, não me aperta e sinto-me muito confortável com ela.O meu peso não tem diminuído. Perdi na primeira semana 8 dos 14 quilos que ganhei na gravidez mas mantenho-me nos 56 quilos.

 

Tenho comido muito e como gelados quase todos os dias. Vou tentar comer melhor e deixar os doces mas não é tanto para emagrecer. É mesmo para poder dar o exemplo às minhas filhas e por causa da minha própria saúde.

 

De resto, à parte de alguns dias em que estive com um humor péssimo, sinto-me bastante bem e tranquila. Parece que tive sempre duas filhas  e quase que sinto que é mais fácil tomar conta de duas do que só de uma.

 

O facto é que relativizamos muito mais as coisas e não nos preocupamos tanto com coisas desnecessárias.Até agora tudo muito calmo.

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.