Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Qua | 07.11.18

Maria #17

IMG_4227.jpg

 

A Maria, com 2 anos e 3 meses, continua com uma personalidade bem forte.

Sempre que a sua vontade é contrariada reage com gritos, chapadas e pontapés. Às vezes parece uma cena de desenho animado quando se manda para o chão a esbracejar e a espernear de frustração.

Outras vezes manda-nos calar aos gritos: "Calaaaaaaa!!!!!!!!" Eu só tenho tempo de virar a cara para me desmanchar a rir sem que ela veja. Como é que esta criatura tão pequena é tão refilona?!

No outro dia o pai empurrou-a sem querer e ela disse logo, muito aborrecida e com uma pronúncia praticamente correta: "Pára pai! Pára de me empurrar."

Com a irmã é a mesma coisa. A Lara aproveita cada distração para lhe roubar um brinquedo ou subir para o triciclo que ela estava a usar. Quando dá por isso a Maria começa logo a correr atrás do prejuízo e desata a gritar, a empurrar e a bater à irmã. Às vezes leva de volta, outras vezes a Lara limita-se a queixar-se a nós.

Numa tentativa de moderar os bruscos modos da Maria temos-lhe explicado que, quando quer uma coisa, em vez de gritar e espernear deve pedir educadamente "Por favor."

Nisto,e demonstrando um franco esforço e muito boa vontade, a Maria tem andado a colocar os nossos ensinamentos em prática.

Por exemplo, se a Lara lhe tira um brinquedo ela diz: "Dá cá isso por favooooooooor."

E tudo estaria perfeitamente encaminhado se este "Por favor" não fosse pronunciado aos gritos e com um ar de quem vai começar a distribuir tabefes se a sua vontade não for feita em 3 segundos.

A minha principal questão, neste momento, é chamar a Maria à razão sem me rir. É que ela é mesmo muito engraçada, com a sua expressão muito séria. Até quando ela nos tenta bater é engraçada. Eu divirto-me imenso a desviar-me dos seus golpes, o que hei-de fazer? A miúda tem mau feitio mas é gira que se farta. :P

 

 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Purpurina 19.11.2018

    Tem toda a razão. E nós contrariamos, sempre que conseguimos. Damos-lhe castigos e não a deixamos continuar o comportamento. Mas, às vezes, dá mesmo vontade de rir como é que uma criança tão pequena é tão refilona.
    Mas, sem dúvida, que é algo a contrariar, com certeza. :)
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.