Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Ter | 07.05.19

Maria #21 A roubar bolachas à irmã mesmo debaixo do seu nariz

Maria a comer 7.jpg


Fomos fazer um piquenique ao parque da cidade e passar lá a tarde.

Para comer levei fruta, iogurtes e umas bolachas torradas, pequeninas. 

Dei uma caixinha com bolachas a cada uma das miúdas, cada uma com o mesmo número de bolachas.

A Maria ficou sossegada a comer as bolachas e a Lara, como de costume, ia-se distraindo com várias coisas e estava sempre a sair do lugar para ir brincar.

Sempre que a Maria a via a afastar-se, fazia um ar muito sério, compenetrado e algo suspeito (de quem vai fazer alguma coisa que não deve) e começa a tirar bolachas da marmita da irmã, embora ainda tivesse muitas das suas. 

Quando vê a Lara a chegar, para de tirar bolachas e tenta fazer um ar casual (é muito cómico de se ver).

Numa das vezes em que a Lara se aproximou de repente, a Maria ficou tão atrapalhada que voltou a colocar a bolacha que tinha tirado à irmã já com uma dentada a menos. E sempre a olhar para todos os lados a ver se não é apanhada em flagrante. :D

O que vale é que, geralmente, a Lara está tão entretida com os seus pensamentos que nem dá por nada. :P

E eu acho isto tão divertido que nem digo nada à Maria, fico só a ver (claro que, obviamente, a Lara não está muito interessada nas bolachas, ou não as deixava ali para ir brincar).


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.