Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Sex | 25.08.17

Mas que espirros são estes????

espirros 7.jpg

 

Não sei muito bem quando é que isto começou a acontecer. Pode ter sido há um ano, ou muito mais, sinceramente não me lembro.

 

Mas, de vez em quando, começo a espirrar como uma louca, de 2 em 2 minutos (ou de 2 em 2 segundos), durante dias.

 

Nunca me lembro de ter tido estes episódios antes ou de ser alérgica a alguma coisa.

 

Acho que tudo começou num dia de limpezas gerais à arrecadação. Algum tempo depois de ter iniciado as limpezas fiquei completamente aflita do nariz e a espirrar como uma doida. Depois disso, os episódios são frequentes e acontecem sem motivo aparente.

Se vou para o trabalho começo a espirrar como uma maluca (coitados dos meus colegas), em casa idem, se vou de férias para outra casa tenho direito a mais uns dias de espirros constantes e assim sucessivamente.


Parecendo que não, é uma situação muito chata. Não sendo dolorosa, acarreta as suas dificuldades e aborrecimentos.

Em primeiro lugar, a aflição dos espirros bastante fortes que muito facilmente me fazem entornar qualquer coisa que tenha na mão. Sou acometida por um espasmo tão grande que qualquer coisa que tenha na mão voa. Também chego a ficar com dores de garganta de tanto espirrar.

 

Depois existe a poluição sonora e os chuviscos que podem atingir as pessoas à minha volta. É sempre desagradável levar com chuviscos alheios na cara (digo eu).


Para além dos espirros, o meu nariz transforma-se numa torneira que pinga incessantemente. Chega a um ponto em que, se quero fazer alguma coisa sem correr o risco de mandar com liquidos nasais para o chão ou para o que quer que esteja debaixo do meu nariz, tenho que colocar uma bola de lenço de papel amarfalhado (ou papel higiénico ou papel de cozinha) em cada narina. Cheguei a fazer isso fora do círculo social fechado cá de casa. Sim, já várias pessoas tiveram a caricata visualização da minha pessoa transformada numa espécie de King Kong recém operado ao nariz.

 

É a vida. Era isso ou a isolação total numa sala cheia de lenços de papel amarfalhados à minha volta durante um período de tempo variável (que podia ser de vários dias).

 

Bom... ainda não fui ao médico mas fui á farmácia comprar um anti-histamínico em comprimidos e já tomei um. Passou e não tomei mais. Sei que não devia fazer isso mas estava um bocadito desesperada.

 

Na próxima consulta de rotina do médico de família vou falar disto e tentar perceber o que se passa.


Alguém por aí que também sofra de espirros e me saiba explicar que choça é esta?

 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Purpurina 26.08.2017

    Obrigada. :)
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.