Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Qua | 11.01.17

Mente sã em corpo são #1

 


Ou no original latim, do poeta romano Juvenal: “Mens sana in corpore sano“.

E assim, se inaugura uma nova rúbrica neste blogue:

 

“Mente sã num corpo são”

E o que é que isto quer dizer?

Quer dizer que acredito que se não estivermos bem emocionalmente, podemos fazer o exercício e a dieta que quisermos que dificilmente nos vamos sentir completamente bem.

É por isso que a minha dieta, da qual já desisti vezes sem conta, deixou de ser uma coisa rígida e “obrigatória”.

Continuo a seguir as indicações da nutricionista e a comer o melhor possível, mas sem stresses e sem culpas de cada vez que me apetece um doce ou mais um bocadinho de pão.

Também deixei de me obrigar a caminhar 3 vezes por semana ou a fazer yoga todos os dias. Se o exercício físico ou a dieta não me fizerem sentir confortável ou feliz, redefino o plano imediatamente e altero-o as vezes que forem necessárias até me sentir confortável.

E o que é que tenho feito?

 

  • Tenho comido bem todos os dias. Fruta, vegetais, e pelo menos dois litros de água fazem parte da minha dieta diária.

  • Às vezes como doces mais de duas vezes por semana mas nunca de forma compulsiva ou exagerada.

  • Cada vez como menos carne. Carne vermelha só uma vez por mês e a tendência é deixar de vez.

  • Cada vez como menos manteiga e também não uso margarina. Estou a fazer um esforço para deixar os queijos mais gordos mas isso, confesso, está difícil.

  • Faço yoga todos os dias menos ao fim de semana. Sinto-me bem assim, faço-o porque me dá prazer e se tiver um tempinho ao sábado ou domingo, faço também.

  • Estou a dar uma atenção especial aos meus pensamentos e emoções. Tenho feito um esforço consciente para alterar o fluxo dos meus pensamentos menos positivos e relativizar a sua importância quando aparecem. Esta tem sido a parte mais importante da minha redefinição de estilo de vida. É a partir daqui (do controlo das minhas emoções) que posso alterar os outros hábitos com sucesso.

    Posso-vos dizer que procurei ajuda profissional apesar de não estar numa fase má. Mas sinto que, com duas filhas pequenas, a minha vontade e necessidade de ter uma vida equilibrada é muito mais “séria” agora. E há coisas que se fazem muito melhor com ajuda.

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Purpurina 13.01.2017

    :) Há dias melhores que outros mas o que importa é irmos mudando de hábitos aos poucos sem grandes stresses e tensões. O mais importante ainda foi a mudança emocional, o esforço para ver sempre o lado positivo das coisas. O resto vem por acréscimo. :P Beijinhos
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.