Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Qui | 13.08.20

O Eduardo fez 2 anos

IMG_7244.jpg

O meu rapaz fez 2 anos no primeiro dia de agosto.

Às vezes parece ter mais, quando se mexe com uma desenvoltura de menino grande, noutras, parece ter menos, quando tento que faça xixi no bacio e ele, claramente, não atenta minimamente no que é esperado dele.

O Eduardo tem uma energia e uma capacidade de se mover com destreza que me deixa quase chocada. Acho que os rapazes são mesmo assim mas nunca na vida pensei que, molengona como sou, pudesse dar origem a um ser humano tão enérgico.

Já subiu 2 vezes para o beliche da Lara. É capaz de subir escadas de estruturas desportivas até ao último degrau, se não o impedirmos. Na praia, desde que saiba que estamos por perto, avança com confiança para a água e não se apoquenta nada se levar com um ou dois pirulitos. Chega a deitar-se à beira do mar, de barriga para baixo, só para levar com as ondas na cara.

Está numa fase em que se ri de tudo, faz graçolas para nos rirmos e brinca aos wrestlers com as irmãs, mesmo que elas não percebam bem a que é que se está a brincar.

Gosta de distribuir abraços e beijos, principalmente pelas irmãs e não é raro vê-lo a pedir um abraço à Lara logo de manhã.

Anda com a mania de nos morder por brincadeira e ainda não conseguimos que acabasse com este comportamento. Não raramente sou surpreendida com uma dentada no rabo ou numa perna enquanto estou a lavar a loiça. Não é agradável.

Todos os dias chega da escola arranhado. Dizem-me que são desputas por brinquedos... Não gosto, mas conhecendo-o como conheço também não estou a ver como evitar um ou outro confronto com os miúdos. Só espero que ele não ande a morder a ninguém.

Pede para mamar todas as manhãs e, se por algum motivo não pode ser, fica muito zangado comigo. Ele gosta de mamar aconchegado com um lençol e numa posição específica em que lhe dou umas palmadinhas leves. É um momento fofinho do dia de que gostamos muito os dois. É por isso que fico a adiar implantes dentários enquanto ele quiser mamar. Simplesmente não quero nem consigo abdicar destes momentos.

Imita tudo o que fazemos e dizemos, principalmente as irmãs. Adora brincar com elas e, sempre que vejo os três a brincar ou a cantar no carro, a caminho da escola, sinto uma gratidão imensa pela minha família.

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Purpurina 14.08.2020

    Obrigada. Beijinhos
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.