Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Dom | 28.07.19

O que é que eu tenho para vos oferecer?

plush-design-studio-q10VITrVYUM-unsplash.jpg

Não são brindes, prémios ou coisas materiais. Ainda.  :)

Mas tenho refletido sobre isso. Tenho refletido sobre a pertinência deste espaço para mim e para vocês.

Eu preciso disto. Preciso tanto de comunicar (vulgo falar para a frente) que, para além de monologar imenso com quem tiver paciência para me ouvir, falo imenso sozinha.

Por outro lado, gostava mesmo que aquilo que quero comunicar tivesse utilidade para alguém.

Vai daí decidi partilhar aquilo que faço, aquilo que vou aprendendo e aquilo que resulta para mim. 

Muitas vezes não será grande coisa. Às vezes pode ser mesmo aquilo que procuram. Outras vezes pode ser só um momento recreativo, daqueles em que esvaziamos a mente e não pensamos em nada de especialmente intelectual ou relevante.

Muitas vezes não sei bem o que estou a fazer ou que caminho seguir. Às vezes sinto-me tão cansada que temo adormecer enquanto caminho. Outras vezes não faço mesmo a ideia de qual a atitude a tomar durante uma birra dos meus filhos. Em outras dessas vezes, sei o que fazer mas faço exatamente o oposto.

Por aqui somos todos pessoas normais que tentam ser a sua melhor versão a cada dia mas que não têm muito tempo ou disponibilidade mental para isso.

Não sou uma assídua praticante da disciplina positiva, não tenho uma voz calma e serena e tenho a paciência de um cão com dor de dentes. Também não consigo dar palmadas nos meus filhos, tenho dificuldade em matar insetos e um certo TOC de que não me orgulho nada.

Mas, ainda assim, acho que tenho coisas a partilhar com vocês.

Tenho três filhos, uma ideia clara do que quero transmitir-lhes (embora ainda ande a trabalhar arduamente no método), um trabalho, uma casa para gerir e um conjunto interminável de vontades e de planos que pululam na minha cabeça a uma velocidade impossível.

Como otimista que sou gosto de pensar que as coisas tendem para o saldo positivo.

Entre tudo o que tenho para fazer todos os dias, arranjo tempo para estar mesmo com os miúdos, para conversar com eles ou ler-lhes uma história, para fazer yoga, para escrever aqui e para fazer umas interpretações muito pessoais de receitas.

De modo que o que tenho para vos oferecer é a partilha do que me vai correndo bem nisto de educar 3 crianças pequenas, trabalhar e ter hobbies ao mesmo tempo. 

Neste momento estou a trabalhar na tentativa de anulação da gritaria constante que se faz ouvir cá em casa todos os dias. Quando descobrir uma forma de dar a volta à personalidade toda que cabe numa miúda gira de 3 anos conto-vos tudo.

Beijinhos e abraços

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.