Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Seg | 08.02.21

Porque é que ainda não comprámos uma casa nova?

home 7.jpg

Quem lê este blogue há algum tempo sabe que somos 5 cá em casa e que vivemos num T2, relativamente pequeno, sem varanda.

Por isso, naturalmente, há uns bons meses que andamos a sondar o mercado imobiliário, à procura de uma moradia simpática para nós.

Não está fácil, minha gente. Nada fácil.

Quando comprámos o apartamento foi tudo muito rápido. Tinhamos umas duas opções, muito semelhantes, e acabámos por ficar com este. Nunca nos arrependemos de comprar este apartamento, apesar de, neste momento, nos dar jeito uma casa maior e, de preferência, com uma zona exterior.

Agora, sinto que já visitámos metade das casa que estão à venda em Ponta Delgada e arredores e nem uma das que visitámos estava perto das nossas expetativas. Não vimos nada que nos parecesse a nossa casa nova, nem por uns segundos. E vimos algumas casas que custavam 350.000 euros. Nem essas nos pareceram o nosso lar ideal.

Será que somos muito esquisitos? É provável.

Para terem uma ideia do que é a nossa casa de sonho, faço aqui uma breve descrição de características essenciais:

-  3 ou 4 quartos;
- 2 casas de banho;
- uma zona exterior, murada, suficiente para ter uma churrasqueira e espaço para os miúdos correrem um pouco e plantarmos umas plantinhas, nada muito grande;
- se possível, tudo elétrico, mas se não for possível, tudo bem;
- muita luz natural;
- sem escadarias estranhas, no meio da sala;
- pronta a entrar, sem precisar de obras;
- central ou, pelo menos, perto de serviços;
- que tenha menos de 30 anos.

Comprar uma casa é um grande investimento. Sei que não existem casas perfeitas, mas não consigo comprar uma casa sem ter a sensação de que estou a mudar para melhor.

É aqui que surge uma outra questão: eu adoro o nosso apartamento. Todos os dias me sinto imensamente grata por ele, todos os dias mesmo.

Gosto que ele seja pequeno, adoro a luz que tem, o facto dos miudos dormirem no mesmo quarto, adoro saber sempre onde está toda a gente, gosto de estarmos todos juntos a maior parte das vezes. Gosto da nossa cozinha, gosto da localização, da liberdade que me dá de ir a pé para todo o lado. Gosto de ter pouco espaço para guardar coisas, de ter pouco para limpar. Às vezes sinto que seria bom ter mais uma casa de banho, ou um espaço exterior, mas a verdade é que o que temos é bom, serve-nos perfeitamente e não nos falta nada.

Sinto-me muito feliz com o que tenho. Pode parecer estranho 5 pessoas viverem num T2 satisfeitas e contentes da vida, mas esses somos nós. 

Claro que, eventualmente, mudaremos de casa, mas não temos pressa. Tenho a certeza que a nossa casa de sonho vai aparecer na altura certa, sem qualquer tipo de stress ou pressas desnecessárias.

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.