Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Qui | 10.12.15

Será cedo demais?!

Sempre achei que as crianças devem brincar muito enquanto podem e, só mesmo quando for necessário, devem aprender coisas mais académicas (como a contar ou a ler e escrever).

 

Não quero que a minha filha tenha pressa para aprender por pressão minha ou do pai, e muito menos quero que entre em competição com os amigos e colegas.

 

Quero que ela cresça à sua velocidade, feliz e alegre, com limites e responsabilidades, mas sem pressões desnecessárias.

 

Por outro lado sinto vontade de a ouvir falar, expressar-se, comunicar os seus desejos e sentimentos. Ela tem apenas 20 meses... Sei que ainda tem muito tempo para desenvolver a fala e quando chegar a altura vai falar pelos cotovelos (ou não fosse minha filha).

 

Isto para dizer que, nem sei bem como, talvez depois de trocas de ideias com outras mães, comecei a ensinar-lhe as letras.

 

Ela brinca muito com letras magnéticas, "colando-as" no frigorífico mas eu costumava usá-las apenas para lhe ensinar as cores.Há uns dias  comecei a ensinar-lhe as vogais.

 

Entretanto o pai arranjou uma aplicação muito simples que ensina as letras: "A Sara Ensina o Alfabeto".

 

Ela toca na letra e surge um ecrã com a letra maior que é lida pela "Sara".  Para finalizar as funcionalidades da aplicação, aparece um animal que começa com essa letra que vibra se lhe tocarmos. É simples assim.

 

A Lara gosta imenso da aplicação.

 

Normalmente espalho as letras magnéticas num montinho no chão e toco numa letra da aplicação. A Lara vai logo procurar a letra correspondente no chão e verbaliza-a muito satisfeita.

 

Como a Lara parece gostar desta brincadeira e já conhece as vogais todas, vou começar a ensinar-lhe também as consoantes, devagarinho.

 

A verdade é que alimento o desejo "secreto" que ela aprenda a ler depressa. Não me interessam muito as outras "disciplinas" mas ler é um prazer tão grande para mim que quanto mais cedo a minha filha o puder partilhar melhor. Vamos ver como corre. :)

 

Nota: A aplicação para iPhone foi desenvolvida por um programador português.

 

 

alfabeto 2

 

aplicação alfabeto

 

letras 2

 

letras

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.