Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Sab | 28.05.16

Sintomas de gravidez, e quando não há?

sintomas-da-gravidez-bocejo-em-excesso

 

Quando estava grávida da Lara, não fiquei muito surpreendida por ver os dois riscos que indicam um teste de gravidez positivo. Por via das dúvidas repeti o teste mas os sintomas estavam lá: ausência de menstruação, mamas muitíssimo sensíveis e uma soneira incompreensível. Basicamente foram estes os sintomas que tive.

 

Nada de enjoos ou desejos estranhos.Outro sintoma que tive, mas na altura não associava muito à gravidez, foram alterações bruscas de humor. De repente ficava muito irritadiça com tudo e todos. Não tolerava nada e fazia um pé de vento com o mínimo chuvisco.

 

Estava literalmente com um humor de cão esganado.

 

Dois anos depois, posso dizer que esta gravidez é bastante diferente. A minha filha deixou de querer mamar aos 18 meses e decidimos que estava na altura de tentar engravidar novamente. A menstruação ainda não estava regular, tinha aparecido apenas duas vezes e de forma muito incomum: muito abundante e durante muitos dias, para desaparecer outra vez.

 

Posto isto, começámos a tentar engravidar e eu passei a ter alguns cuidados como: deixar de beber álcool, tomar menos café, evitar alimentos mal passados e deixar de pintar o cabelo.

 

Um dia olhei para o espelho e fez-me confusão ver o cabelo tão branco e decidi pintá-lo. Assim como assim, sentia-me perfeitamente normal e queria aproveitar para pintar o cabelo mais uma vez antes de engravidar. Por descargo de consciência, comprei um teste de gravidez só mesmo para pintar o cabelo mais tranquilamente. E pronto, deu positivo.

 

Fiquei admiradíssima! As mamas estavam normais, não me doíam absolutamente nada, a menstruação não estava a faltar porque ainda não a tinha regular e o meu humor... bem, o humor andava mauzinho mas isso também não é nada de muito incomum.

 

De modo que, nesta gravidez posso afirmar que não tive qualquer tipo de sintoma na altura em que é habitual ter: cerca de três semanas depois da conceção.Os primeiros sintomas que tive (algumas náuseas, nada de especial, e tensão mamária) só apareceram depois das 10 semanas de gravidez.Outra coisa que pode acontecer é existirem sintomas que desaparecem durante uns dias e voltam depois. Aconteceu-me com a tensão mamária nas duas gravidezes.

 

De repente as mamas deixavam de doer e eu ficava preocupadíssima sem saber se estaria tudo bem. Pode acontecer por volta das 12 semanas, mais cedo ou mais tarde.

 

Dias depois a sensibilidade volta e pode voltar a desaparecer, para depois voltar novamente. Entretanto, à medida que a gravidez avança, é normal que as mamas deixem de estar tão sensíveis, para voltarem a doer quando há a descida do leite, três dias depois do parto.Por isso, não vale a pena uma preocupação excessiva.

 

O corpo está a mudar e em cada mulher, em cada gravidez, tudo pode ser diferente.Conheço raparigas que passaram a gravidez toda como se tivessem gastroenterite e outras que ficaram melhor que nunca: lindas e maravilhosas. E depois existem dezenas de situações intermédias. Eu não fiquei maravilhosa mas também não fiquei péssima.

 

Bem... na segunda gravidez estou em pior forma física: engordei mais, estou muito mais cansada, a soneira acompanha-me até hoje, tive muitas cãibras na barriga e nas pernas desde muito cedo e às 30 semanas fiquei com os olhos sequíssimos.

 

Por outro lado, baixei os níveis de glicemia e não tive diabetes gestacional e o cabelo ficou forte e bonito.No que diz respeito a stress, preocupações e ansiedades, não vejo grande diferença entre esta gravidez e a outra. Fico ansiosa ou despreocupada com as mesmas coisas.

 

Nisso, a experiência não altera muita coisa. Até com o facto de ter de cuidar de um bebé pequenino me sinto quase tão preocupada como na primeira vez... A minha memória é fraquíssima e isto de ter um filho não é bem como andar de bicicleta. Mas estou confiante! :)

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.