Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Sex | 15.04.16

Sobre a minha forma de observar as pessoas

Brin Molko 77

 

Quando vou a um concerto quero sempre ficar na fila da frente.

 

Faz-me mesmo muita diferença não ficar no sítio mais próximo possível dos músicos. Gosto de ouvir música ao vivo mas é muito mais do que isso. Gosto de observar as pessoas ao pormenor: as expressões da cara, a direção do olhar, o desalinho do cabelo, a forma como mexem as mãos, a forma como olham para o público ou, melhor do que isso, a forma como não o fazem e estão completamente inebriados na música que fazem.

 

Poucas coisas me causam tanto interesse como observar pessoas a fazer aquilo que mais gostam e aquilo que melhor fazem. Isto aplica-se a tudo: gosto de ver uma pessoa a cozinhar, a tratar do filho, a costurar, a dançar, a pentear alguém... mas é difícil observar as pessoas diretamente sem parecer um "freak". Então, aproveito para observar as pessoas que estão em palco e, certamente, não ficarão surpreendidas ou incomodadas se alguém as estiver a observar com atenção.

 

Comecei a reparar nesta minha mania quando ia a concertos e me punha a observar os dedos dos guitarristas, a forma como pareciam dançar numa performance própria e isolada de tudo o resto. Ou quando ia a uma discoteca e ficava a observar o que o DJ fazia e a forma como parecia muito concentrado a mexer naqueles "botões".

 

Também observava as pessoas, durante os jantares, que se mantinham caladas a brincar com os guardanapos e a fazer pequenas construções com os objetos decorativos sobre a mesa. A forma como se alheavam do resto das pessoas e ficavam ali, no seu mundo, a criar qualquer coisa ou a imaginar qualquer coisa de que só eles conheciam os contornos, sempre me atraiu muito.

 

Por isso, se alguém me apanhar a olhar para si com um ar meio estranho, não precisa de se assustar "muito". Não estou a julgar nem a criticar interiormente. Estou mesmo só a observar alguma coisa que acho muito interessante. 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.