Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Seg | 18.01.21

O nosso vício partilhado

Purpurina
São livros. São, provavelmente, a minha coisa "material" preferida de sempre. Adoro livros! Eles ajudaram-me a construir a minha personalidade e até a minha vida. Os livros ajudaram-me a  educar-me e a perceber que podia ser exatamente aquilo que quisesse. Adoro-os, portanto. Os meus filhos vão pelo mesmo caminho e, quando trago livros da biblioteca, mandam-se a eles com um entusiasmo que me comove. Até o Eduardo já os adora e fica muito sossegadinho ao meu lado enquanto lhe (...)
Qua | 30.12.20

A primeira coleção de livros que a Lara lê

A magia do Arco-Íris

Purpurina
A Lara já consegue ler, mas nada que seja muito complexo. Por isso sou eu que leio para ela. Até há pouco tempo, líamos histórias pequenas, com muitas ilustrações. Mas, achei que já era tempo de apresentar à Lara livros diferentes, com capítulos e mesmo vários volumes, para que ela possa ganhar interesse por histórias mais complexas. Assim,  quando trouxe da biblioteca um dos livros da coleção "A magia do Arco-Íris, e vi que era um livro de uma coleção de 7 com uma (...)
Qui | 12.11.20

Quando desligamos a televisão, acontecem coisas maravilhosas!

Purpurina
O Eduardo descobriu que tem voz. E que pode utilizá-la para exprimir a sua vontade. Com veemência. Este facto tem tornado as nossas manhãs e noites um pouco ensurdecedoras. Ocorre que temos apenas uma televisão. E o Ipad da casa avariou e não o substituimos. Ocorre ainda que existem mais duas crianças em casa que calham a não ter o mesmo gosto para programação televisiva. De modo que resolvemos a questão da única maneira que julgamos possível: ninguém vê televisão. Pronto. (...)
Ter | 03.11.20

E, de repente, senti-me uma boa mãe

Purpurina
Um dia uma amiga disse-me que os resultados do nosso trabalho na educação dos filhos demoram a chegar mas, quando chegam, são muito compensadores. A verdade é que, se um dia pensei que educar pessoas era fácil e até divertido, rapidamente me desfiz dessa ilusão. É desafiante! Muito mesmo. E, educar três criaturas fofas ao mesmo tempo, tem questões muito peculiares. Eles unem-me para nos desafiar, fazem mais confusão, pedem mais atenção, entre muitas outras coisas.  Claro (...)
Dom | 18.10.20

Lara #39

A coordenadora

Purpurina
No sábado estivemos a fazer limpezas cá em casa.  Antes das limpezas expliquei à Lara que se conseguíssemos limpar tudo antes do fim da tarde, podíamos ir passear. Mas, para que tudo corresse bem era necessário que ela e os irmãos colaborassem. Expliquei-lhe que, por ser a mais crescida, teria uma grande influência no sucesso do nosso plano, pois os irmãos haviam de a querer seguir e imitar. Pedi-lhe que arrumasse os brinquedos do quarto e da sala com os irmãos, e fui (...)
Sex | 09.10.20

Eduardo #7

Açúcar e Pimenta

Purpurina
É um rapazinho muito maroto, enérgico e alegre. Vem da escola quase todos os dias com um arranhão, uma dentada ou uma nódoa negra nova. Muito mais do que as irmãs. A julgar pelo que vejo em casa, é fácil adivinhar o que acontece mas, pelo sim pelo não, confirmei com a educadora e auxiliares da escola. O Eduardo gosta de se mandar para cima das outras crianças, roubar brinquedos e, eventualmente, aplicar-lhes uns carolos na cabeça. Eu explico-lhe todos os dias que não se (...)
Qua | 30.09.20

A entrada para o 1º ano da escola primária

Nos anos 80

Purpurina
  Lembro-me vagamente do meu primeiro dia de escola. Lembro-me de estar num pavilhão grande cheio de pessoas, com a minha mãe, e a determinada altura chamarem o meu nome para me juntar a um grupo de crianças que seriam da minha turma. Havia muitas crianças a chorar e eu não entendia porquê.  Eu não chorava. Eu nem percebia bem o que estava a acontecer. Tinha 5 anos e não me recordo de me terem falado muito na escola. Não estava receosa nem entusiasmada. Não sabia bem ao que (...)
Qui | 06.08.20

Brincadeira para 6 anos que ajuda a praticar a leitura

Purpurina
Durante a quarentena comecei a ensinar a Lara a ler. Ela já conhecia as letras todas desde os 3 anos e começámos a juntar todas as consoantes com vogais para formar sílabas simples. Neste momento consegue ler palavras simples como tapete, bebé, pai, gaveta, banana, casa, caneta, etc. Como em setembro já vai para a escola deixei de a ensinar a ler de forma muito ativa. Não sou professora e não quero ensinar a Lara de forma errada ou diferente da que vai ser utilizada na escola. (...)
Qui | 30.07.20

Cor de pele

Purpurina
Há uns tempos a Lara pediu-me um lápis cor de pele para pintar o desenho de uma menina num livro de colorir. Fiquei bastante surpreendida porque, tanto quanto me podia lembrar, nunca tinha ouvido tal coisa. Nem em criança, nem em adulta. Expliquei-lhe porque não era correto chamar cor de pele a um lápis. Hoje foi a vez da Maria. Pega num lápis bege e refere-se a ele como cor de pele. "Maria, esse lápis não é cor de pele." Diz ela: "Claro que é." Pego num lápis azul e (...)