Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Seg | 24.01.22

Carla, a cozinheira amadora que nem gosta de cozinhar, fez uns pães de queijo muito decentes

Receita para a bimby

Purpurina
De vez em quando tenho uns acessos de vontade de cozinhar. Em mim, é uma coisa bem estranha, mas uma pessoa tenta aceitar e ver no que dá. Tem dado em alguma treta, muitas vezes. Fiz um caril de grão com molho de manga que o Milton detestou e eu e a Lara gostámos muito. Fiz umas bolachas de dois ingredientes de que todos detestaram, inclusive eu, mas todos comeram. Eu ia ficando com uma presa a caminho do estômago, de tão seca que estava. Vi-me grega para aquilo descer!  Fiz, (...)
Qui | 20.01.22

Maria e o seu interesse pelo Salazar

Purpurina
Apesar de grande parte das convicções que eu tinha sobre educação terem caído por terra depois de eu ter sido mãe e, automaticamente, bafejada com uma avalanche de realidade, algumas mantiveram-se: - Faço um esforço consciente para ensinar os meus filhos a serem tolerantes e a não se sentirem inferiores ou superiores a ninguém; - Tento que se habituem a comer bem e sem excessos; - Ensino-lhes, sempre que surge uma boa oportunidade, as partes da história do mundo e de (...)
Qui | 13.01.22

Eduardo #31

O asseado

Purpurina
Já tinha referido aqui que o Eduardo não pode ver um bocadinho de água na roupa que começa a gritar que está sujo. Imaginem quando, nas brincadeiras no parque, se suja mesmo. É um drama. Chega a gritar como se lhe estivesse a doer qualquer coisa e, nós, invariavelmente, não nos conseguimos impedir de rir. A última exigência dele, no que ao asseio diz respeito, foi comer de bata de pintura, daquelas de plástico, com mangas compridas. Eu ainda tentei demovê-lo, dando-lhe um (...)
Qui | 09.12.21

Respostas a perguntas que ninguém me fez #2

ou... Uma publicação muito egocêntrica

Purpurina
1- Tens alguma mania? Qual? Tenho muitas. Por exemplo, tenho a mania de cortar as unhas das mãos mal elas têm dois ou três milímetros. 2- Cumprimentas estranhos na rua? Às vezes sim. Quando estou muito bem disposta ou a quando estou a fazer um esforço consciente para ser uma pessoa mais simpática. 3- Quem faz os serviços domésticos na tua casa? Eu e o meu namorado e, de vez em quando, uma senhora que contratamos para nos ajudar com as limpezas. 4- Compras produtos sem necessidade? (...)
Ter | 07.12.21

O dia em que a minha filha de sete anos fez o que eu não tive coragem de fazer

Purpurina
Também poderia ser: "O dia em que a minha filha mais velha me envergonhou". Só que não.  Tudo começou (ou acabou, conforme o ponto de vista) com um telefonema que recebi da Educadora do Eduardo. Assim que uma Educadora se identifica como tal, fico logo cheia de nervos. Quem é mãe, saberá do que falo. Digo logo, sem cerimónia: "Sim, sim, Diga, diga, por favor." Querida e perspicaz como é, ou pressentindo o pânico da minha voz, a primeira coisa que a Educadora disse foi que o (...)
Ter | 30.11.21

43 factos sobre mim

Purpurina
Acreditas em astrologia? Um pouco. Mesmo que não seja real, de todo, acho que um bocadinho de fantasia não faz mal a ninguém.  Falando nisso, qual é o teu signo? Sagitário. Tens algum apelido que odeies? Não. Tens piercings e tatuagens? Já tive três piercings. Neste momento não tenho nenhum. Nunca tive tatuagens. Solteira ou namorando? Os dois. Dormes de lado, de barriga para cima ou para baixo? De lado. Já fizeste as necessidades na natureza? Com certeza. Há alguém (...)
Seg | 01.11.21

Não nos podemos mimar demais

Purpurina
Mas podemos mimar-nos alguma coisa. Um copo de vinho e um livro. Depois da saúde, família, amor, prosperidade, paz, meditação, yoga, pessoas alegres e inteligentes para conversar, cinema, comidinha boa, ver sítios novos e aprender qualquer coisa aqui e ali, não  preciso de muito mais para me sentir feliz!
Seg | 11.10.21

Como afastar um admirador indesejado, de forma natural e muito eficiente

Purpurina
Como devem calcular, esta história foi vivida pela prima em 3º grau, de uma conhecida, de uma amiga distante, de uma amiga minha. Até  posso descrever brevemente a personalidade dessa pessoa, que nem conheço de vista, mas saibam que estou só a usar a imaginação. Como já disse, não conheço a senhora em questão. Para nos orientarmos, chamemos-lhe "a nossa amiga". Tenho uma ideia de que a nossa amiga é um tanto ou quanto espevitada. Talvez seja uma pessoa determinada e (...)
Sab | 02.10.21

Eduardo #26

O cuidadoso

Purpurina
  O Eduardo pediu para comer uma banana cortada às rodelas e eu, querendo proporcionar-lhe alguma independência,  coloco a banana descascada num prato e, ao lado, deixo uma faca de refeição normal, de adulto (daquelas que não cortam nada). Ele, ao ver a faca ao lado do seu prato, pega nela e, todo indignado, vira-se para mim e diz-me que não pode usar aquela faca: "Mãeeeee, esta faca é muito perigosa para mim. É muito grande!!!!" E vai à gaveta buscar uma pequena faca de (...)
Qui | 23.09.21

Quem nunca #1

Purpurina
Viu os filhos a fazer grandes cagadas, dignas de um grande ralhete, mas fingiu que não viu para que eles se continuassem a divertir? Sou eu. Ainda esta manhã. Depois de estarem vestidos e de pequeno almoço tomado, se sobra tempo até sairmos de casa, eles ficam a brincar uns com os outros (ainda estamos com o regime da televisão apenas aos fins de semana). Hoje, estranhei a ausência de choros e de discussões entre eles, substituídos por uma grande galhofa de gritinhos e gargalhadas. E (...)