Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Sab | 02.01.21

Ser minimalista no Natal

Purpurina
Este ano o "Pai Natal" trouxe 3 presentes para cada um dos meus filhos. Existiram anos em que eram o triplo ou mais. Eles rasgavam os papeis das prendas freneticamente só para as deixarem de lado e passarem à seguinte. Não era interessante, não era agradável de ver e creio que não lhes ensinava grande coisa. Para além disso, o desinteresse deles aumentava com o número de presentes. Este ano escrevemos as cartas ao Pai Natal e conversámos bastante sobre o que pedir. A Lara (...)
Sab | 03.10.20

10 coisas que não compro mais

Purpurina
Há algum tempo que tento praticar o minimalismo e o desapego de coisas materiais. Os motivos são vários, mas o principal é o facto de acreditar que ter muitas coisas não só enche a casa como também enche a mente.  Ainda tenho um longo caminho pela frente até ter apenas o essencial, mas creio que já evoluí o suficiente para fazer um texto sobre as coisas que já não compro. 1- Bijuteria ou jóias Tenho alguns fios, alguns anéis e uns 2 pares de brincos. Tudo de prata. Uso (...)
Qui | 27.08.20

10 coisas em que sou minimalista

Purpurina
Interesso-me cada vez mais por este tema. Acho até que, neste momento, é o assunto que está no topo dos meus interesses. Quero simplificar a minha vida cada vez mais e o minimalismo, naturalmente, enquadra-se perfeitamente no estilo de vida que quero seguir. Posto isto, sem qualquer esforço ou intenção, eis as características minimalistas que já cá cantam: - Temos apenas um  carro, sendo que é o Milton que anda sempre com ele. - Compro cada vez menos roupa e sapatos e (...)
Seg | 24.08.20

A minha avó é que era uma verdadeira minimalista

Purpurina
(Esta senhora, claramente, não é a minha avó.) Hoje fui até à Mango. Vi que estava com saldos, entrei e pus-me a vasculhar uns vestidos pretos. Depois espreitei as t-shirts, os tops e as saias compridas. Em poucos minutos já me estava a dirigir aos provadores com os braços cheios de roupa. Experimentei, não gostei, e decidi que aquilo era tudo uma grande tolice. Arrumei tudo nos cabides e deixei no local da roupa "experimentada", perto dos provadores. A verdade é que não (...)
Qua | 19.08.20

Os únicos 5 itens de que precisa para ir à praia com crianças

Purpurina
Aqui temos 3 crianças. Para dois adultos. Simplificar não é opção, é sobrevivência. Feita esta pertinente introdução vamos à lista minimalista: - 3 toalhas de praia (Os adultos não precisam. Secam-se enquanto andam a correr de um lado para o outro a tentar dominar as crianças.) - Protetor solar (A primeira aplicação deve ser feita em casa, para poupar tempo e estardalhaço na praia). - Água, fruta, iogurtes liquidos e bolachas, se possível, numa geladeira pequena. ( (...)
Seg | 10.08.20

Curiosidades sobre mim #1

Uma das melhores formas de me acalmar

Purpurina
É destralhando. Destralhar e deitar excessos fora deixa-me de alma lavada. O problema é que, entusiasmando-me, sou capaz de começar a deitar coisas fora de uma forma mais ou menos compulsiva. Começo por deitar fora (ou doar) o que está estragado, depois as coisas que não uso à algum tempo, depois as coisas de que não gosto muito, depois as que são difíceis de lavar, ou de passar a ferro, ou as coisas que naquele dia me chatearam por algum motivo... e quando dou por mim já (...)
Qua | 10.06.20

Isto está a tornar-se uma obsessão!

Purpurina
Minimalismo. Umas vezes sinto que vou deitar tudo fora e que, quando quiser algo para vestir só vou encontrar leggings velhas e casacos de malha cheios de borboto, que por serem confortáveis me parecem ser objetos verdadeiramente úteis. As leggings, que os casacos com borboto são mais para o estilo (grunge). Outras vezes sinto que continuo a acumular demasiadas coisas em casa, no computador e na cabeça e que deveria ser muito mais radical nas minhas ações. Deveria apagar todos (...)
Dom | 12.04.20

Objetivo: Viver com o mínimo

Purpurina
É um dos meus objetivos. Não para um ano ou um mês, é algo que procuro todos os dias. Começo por viver com o mínimo de coisas materiais, mas depois quero passar também a levar esta forma de vida a outras áreas: quero viver com o mínimo de stress, o mínimo de preocupações, o mínimo de tensão, o mínimo de informação supérflua, o mínimo de planos e por aí fora. Para já, esta "quarentena" tem-me ajudado a focar no essencial: passar tempo de qualidade com a minha (...)
Qui | 19.03.20

O que é que o perfume e a música têm em comum?

Purpurina
Sabem aquela sensação de voltarem no tempo, e sentirem que regressaram a um momento muito particular e marcante da vossa vida, só por ouvirem uma música ou sentirem um determinado odor? As músicas têm esse poder especial e os perfumes também. Eu ia mais longe. Existem músicas que nos provocam emoções tão intensas que nos fazem ter saudades de coisas que nunca vivemos. A arte é fascinante, não é? Tenho o hábito "estranho" de ler os comentários no Youtube de (...)
Ter | 18.02.20

Isto é tão extraordinário que tenho que partilhar!!!

Purpurina
Acho mesmo que foi a primeira vez que me aconteceu algo assim! Não estava mesmo nada à espera... Realmente somos capazes de coisas inimagináveis! Depois de almoço saí com o Eduardo na cadeirinha e fui a pé até ao Centro Comercial. Correu tudo lindamente e, no Centro Comercial, dirigi-me a uma loja e comprei os dois itens de que precisava.  Paguei e vim embora. Diretamente para casa. Sem comprar mais nada, sem parar em outras lojas para espreitar. Nem naquelas, onde letras (...)