Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Ter | 22.11.22

5 razões pelas quais não conduzo

Purpurina
Tenho carta de condução desde os 18 anos. Passei nos testes à primeira e conduzi, regularmente, durante algum tempo. Gosto de conduzir "para a frente" ou seja, não gosto de fazer grandes manobras com o carro e não sei estacionar em lugares apertados. Sabem aquela sensação do carro ser uma extensão de nós e agirmos com a desenvoltura de fazer o que quisermos com a máquina? Não sei o que é. Nunca soube. Entretanto fui viver para Lisboa e passei a andar sempre de metro. (...)
Qui | 12.05.22

Eduardo #36

O grato

Purpurina
O livro que veem na foto: "Dicionário por imagens Vamos Aprender" foi requisitado por mim, na Biblioteca de Ponta Delgada, vezes sem conta. Trouxe-o para a Lara, depois para a Maria e, agora, para o Eduardo. É um livro muito antigo, com mais de 20 anos, que já não consigo encontrar à venda nas livrarias, mesmo online. O livro é giro porque é feito de jogos didáticos, uma espécie de passatempos, e os miúdos vão aprendendo coisas de uma forma que parece ser muito divertida.  (...)
Seg | 21.02.22

5 dicas para organizar a roupa das crianças, poupando tempo e dinheiro

Purpurina
Com três miúdos pequenos que dividem o mesmo roupeiro (que não é grande) é necessário uma dose extra de organização. Claro que grande parte do meu tempo fora do trabalho é passado a tratar da roupa, mas posso dizer que o trabalho fica muito facilitado com algumas práticas simples que tenho adotado. Sem mais delongas, vamos a isso: 1- Comprar sempre calças e partes de baixo de cores neutras. Por aqui, compro sempre ganga ou azul escuro e posso conjugar estas cores com (...)
Seg | 27.12.21

Pecados consumistas: os livros de atividades para os miúdos

Purpurina
É um ponto fraco, bem fraquinho, no meu caminho para uma vida cada vez mais minimalista. Não sei bem o que me dá mas, sempre que me deparo com livros de atividades para os miúdos, fico com uma vontade incontrolável de os comprar. Isto deve ter uma explicação qualquer. Provavelmente gostaria de ter tido estes livros em criança, provavelmente sou eu que gosto deste tipo de atividades e os miúdos nem ligam tanto... não sei. Os miúdos gostam de fazer as atividades dos livros, (...)
Qui | 23.12.21

Respostas a perguntas que ninguém me fez #3

O estilo de vida minimalista

Purpurina
1- Qual foi a última coisa que compraste? Presentes de Natal para os filhos: dois para cada um. 2- Cita uma coisa que deixaste de comprar. Vernizes para as unhas. 3-  Qual foi a tua maior dificuldade com o minimalismo? Ainda está a ser. Comprar menos comida e menos livros de atividades para os miúdos. 4- O que é que o minimalismo mudou na tua vida? Tornou-a muito mais simples e organizada. A minha casa está mais arrumada, mais fácil de limpar e de organizar. Não demoro muito (...)
Sab | 14.08.21

5 atitudes minimalistas para o dia a dia

Purpurina
Identifico-me com o minimalismo como estilo de vida e procuro praticá-lo de uma forma que me faça sentido. É um caminho, longo e diário, que gosto de percorrer. Na verdade não é um sacrifício para mim. Gosto de ver a minha vida a tornar-se mais simples, mais organizada e com mais sentido. Falta-me aprender muito e praticar melhor aquilo que aprendi. Ainda assim, há coisas que pratico que fazem uma diferença grande no meu dia a dia. 1- Não fazer stock. Fui educada numa casa (...)
Sab | 02.01.21

Ser minimalista no Natal

Purpurina
Este ano o "Pai Natal" trouxe 3 presentes para cada um dos meus filhos. Existiram anos em que eram o triplo ou mais. Eles rasgavam os papeis das prendas freneticamente só para as deixarem de lado e passarem à seguinte. Não era interessante, não era agradável de ver e creio que não lhes ensinava grande coisa. Para além disso, o desinteresse deles aumentava com o número de presentes. Este ano escrevemos as cartas ao Pai Natal e conversámos bastante sobre o que pedir. A Lara (...)
Sab | 03.10.20

10 coisas que não compro mais

Purpurina
Há algum tempo que tento praticar o minimalismo e o desapego de coisas materiais. Os motivos são vários, mas o principal é o facto de acreditar que ter muitas coisas não só enche a casa como também enche a mente.  Ainda tenho um longo caminho pela frente até ter apenas o essencial, mas creio que já evoluí o suficiente para fazer um texto sobre as coisas que já não compro. 1- Bijuteria ou jóias Tenho alguns fios, alguns anéis e uns 2 pares de brincos. Tudo de prata. Uso (...)
Qui | 27.08.20

10 coisas em que sou minimalista

Purpurina
Interesso-me cada vez mais por este tema. Acho até que, neste momento, é o assunto que está no topo dos meus interesses. Quero simplificar a minha vida cada vez mais e o minimalismo, naturalmente, enquadra-se perfeitamente no estilo de vida que quero seguir. Posto isto, sem qualquer esforço ou intenção, eis as características minimalistas que já cá cantam: - Temos apenas um  carro, sendo que é o Milton que anda sempre com ele. - Compro cada vez menos roupa e sapatos e (...)
Seg | 24.08.20

A minha avó é que era uma verdadeira minimalista

Purpurina
(Esta senhora, claramente, não é a minha avó.) Hoje fui até à Mango. Vi que estava com saldos, entrei e pus-me a vasculhar uns vestidos pretos. Depois espreitei as t-shirts, os tops e as saias compridas. Em poucos minutos já me estava a dirigir aos provadores com os braços cheios de roupa. Experimentei, não gostei, e decidi que aquilo era tudo uma grande tolice. Arrumei tudo nos cabides e deixei no local da roupa "experimentada", perto dos provadores. A verdade é que não (...)