Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Qui | 14.11.19

Um cansaço muito peculiar

74693247_2749161848437068_2549710930158026752_n.jp

 

Isto de ter três filhos pequenos causa-nos um cansaço mental e emocional muito peculiar. 

Não sei de é da privação do sono, da privação de refeições regulares e saboreadas com alguma calma, ou se é mesmo do carrossel de emoções a que somos sujeitas quase 24 horas, ininterruptas, por dia. O facto é que, por vezes, o cérebro parece bloquear e esquecer a forma de processar informações simples.

No outro dia, a Lara pediu-me uma roupa para vestir o seu "careca", um boneco chorão do tamanho e forma de um bebé de 12 meses.

Dei-lhe um babygrow vermelho, do Eduardo. 

A Lara andava para cá e para lá com o boneco ao colo, deixando-o ocasionalmente abandonado em cima de uma mesa, de uma cadeira, ou mesmo no chão.

Estava o Eduardo na cadeira de comer e eu a uns dois metros de distância a fazer qualquer coisa na entrada da cozinha. Nisto, vejo um bebé a cair da cadeira, com estrondo, para o chão, e sinto-me empalidecer instantaneamente.

Ainda demorei longos milésimos de segundo a perceber que não era o Eduardo.

Algum tempo depois, no quarto dos miúdos, vejo a Lara a correr e a pisar com toda a força e descuido o bebé, mesmo nas costas.

Bastou para mim.

Arranquei aquele babygrow do Eduardo do estúpido boneco e disse à Lara que a brincadeira tinha acabado.




Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.