Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Sex | 18.12.15

Um dia inteirinho em casa

Já não me lembro da última vez que fiquei um dia inteiro em casa.

 

Ao fim de semana e mesmo nas férias, não há um dia em que não saia de casa pelo menos para beber um café.Depois que mudámos a disposição dos móveis e do sofá na sala, a minha vontade de ficar em casa mudou completamente. Hoje, por exemplo, não saímos de casa e não tive vontade nenhuma de sair.

 

Acabei por perceber que, só pelo facto de sairmos de casa com uma criança pequena, acabamos por usar umas 3 horas entre o despachar e voltar para casa. Nesse tempo, só uma parte é que é usada verdadeiramente em lazer.

 

Hoje parece que houve tempo para tudo: para ver um filme de manta no sofá, ler, escrever, cozinhar, tratar da roupa, jogar no computador, acabar de colar planetas e estrelas no teto do quarto da Lara, brincar muito, entre tantas outras coisas. Está a ser um dia bem usado, sim senhor.

 

Deixo umas fotos ilustrativas do dia.

 

 

em casa 1

 

Nesta foto não dá para perceber mas, depois da mudança, a sala ficou muito mais ampla e confortável.

 

em casa 3

 

A mesa da sala é também a secretária partilhada, por isso está tão desarrumada.

 

em casa 4

Aproveitei a tarde para ver o documentário "Amy".

 

em casa 2

 

Até o gato ficou feliz com o nosso domingo caseiro.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.