Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Sab | 31.10.15

Um mês de creche - O que mudou na minha vida

bebe-creche

 

Um mês depois da Lara ter entrado na creche a nossa vida mudou bastante... para melhor.

 

Normalmente ouço as pessoas a contarem como lhes é penoso deixar os filhos na creche, como sentem o coração apertado, como sentem saudades.

 

Até me poderia sentir mal a dizer isto (não sinto) mas o facto é que a creche, para já, me parece uma coisa fantástica.As primeiras duas semanas foram mais difíceis. A Lara não comia na creche, chorava quando a deixávamos lá e quando a ia buscar parecia que queria fugir de lá a correr. Uma vez encontrei-a a chorar, com um ar muito triste, agarrada ao seu coelhinho. Aí sim, fiquei mal.

 

Falei com o meu namorado e disse-lhe que, se ao fim de um mês voltasse a encontrá-la tão triste tirava-a de lá. Lugares em creches não andar propriamente a proliferar mas havíamos de arranjar uma solução.

 

Um mês depois o cenário é completamente diferente.A Lara fica feliz quando vai para a creche e, muita vezes, mostra vontade de continuar a brincar quando a vou buscar.Sinto que as educadoras e auxiliares que cuidam da Lara são amorosas e excelentes profissionais (e pessoas). Sinto que podem existir pessoas tão boas como aquelas para cuidar de crianças  mas não consigo imaginar melhores.

 

As rotinas começaram a funcionar cá em casa. Temos hora para comer, para tomar banho e dormir. Sempre a mesma.

 

A Lara adormece facilmente (embora ainda acorde de noite).

 

Está mais sociável. Surpreende-nos todos os dias com coisas que aprendeu na creche. Está mais carinhosa e já dá beijinhos como deve de ser.

 

O tempo que temos juntos, em família, é menor mas tem muita qualidade. Felizmente temos sempre tempo para estar com a Lara, brincar com ela e vê-la a crescer.

 

A creche em que a Lara vem complementar a nossa relação com ela.Faz parte da nossa vida e é uma parte muito dela.

 

Como mãe posso assegurar que estou muito feliz por ter a Lara numa creche.

 

A única coisa que alteraria, se pudesse, seria o tempo que tenho que a deixar lá.9 horas é muito tempo.

 

De resto estamos muito satisfeitos.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.