Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Vinil e Purpurina

Parafernálias sobre a minha vida e a minha mente.

Sab | 11.03.17

Weeds

weeds.jpg

 

É a série que mais gosto de ver neste momento.

É divertida, tem personagens muito boas, interpretações bastante competentes, e é suficientemente curta para eu conseguir ver um episódio sem adormecer. Hoje em dia, este é um factor de exclusão quando escolhemos uma série para ver cá em casa.

 

É a história de uma viúva -  jovem, bonita, com uma personalidade engraçada, aparentemente ingénua e muito sedutora, com 2 filhos -  que começa a vender erva para conseguir manter o nível de vida.

 

Quando ouvi falar da série pela primeira vez imaginei algo muito diferente. Nem consigo explicar bem o que é que imaginei mas, depois de ver os primeiros episódios, gostei logo. 

 

A Mary-Louise Parker é muito gira e carismática e a personagem dela prendeu logo a minha atenção, assim como todos os que giram à volta dela. Aquele mundo é uma caricatura de muita qualidade de pessoas reais, o que nos deixa um sentimento complexo que oscila entre o divertimento e uma leve angústia.

 

Estou numa fase em que a série está tão deliciosamente louca que é impossível não ver mais um episódio, e outro, e outro, pela noite fora.

 

Bom... chamar-lhe-ia uma série com qualidade que serve para entreter. 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.